Publicidade
Cotidiano
Notícias

Feriado e festas em municípios complicam viagens no AM

A maioria das viagens tinha como destino os municípios de Itacoatiara (a 176 quilômetros de Manaus) e Presidente Figueiredo (a 107 quilômetros da capital) 08/09/2012 às 09:05
Show 1
Apenas pela barreira montada no bairro Santa Etelvina, Zona Norte, passaram mais de 8 mil veículos somente na sexta (07)
Milton de Oliveira ---

O feriado prolongado e festas em três municípios do interior do Amazonas levaram mais de 20 mil veículos a sair de Manaus, nos últimos dois dias. Apenas o controle policial montado na barreira, bairro Santa Etelvina, Zona Norte, registrou, ontem, a passagem de mais de oito mil veículos. A maioria tinha como destino os municípios de Itacoatiara (a 176 quilômetros de Manaus) e Presidente Figueiredo (a 107 quilômetros da capital).

O subtenente do Batalhão de Polícia de Trânsito da Polícia Militar (BPTram), Ricardo Sérgio Barreto, orientou os motoristas a não beber antes de dirigir, evitar o excesso de passageiros no veículo e, antes de viajar, verificar os sistemas de segurança do carro, para evitar acidentes.

“Além da fiscalização na barreira, temos mais três pontos de inspeção, montados nos quilômetros 32, 78 e 120 da AM-010, a Manaus-Itacoatiara, que vai funcionar também no fim de semana”, lembrou Barreto.

Segundo o BPTram, hoje devem retornar pela AM-010 em torno de 10 mil veículos. Boa parte deles que saiu de Manaus na última terça-feira. “Hoje (ontem), apreendemos dez veículos entre carros e motocicletas, mas não registramos nenhum acidente”, concluiu o subtenente, informando, também, que os veículos foram recolhidos porque estavam com a documentação vencida.

Porto da Ceasa

De acordo com informações da Superintendência Estadual de Navegação, Portos e Hidrovias (SNPH), devido ao feriado da Semana da Pátria, até ontem haviam passado mais de 3 mil carros pelo Porto da Ceasa, na Zona Sul. “Superou as expectativas, que eram de 2 mil. Na verdade, esse número é da última terça-feira até hoje (ontem)”, disse o gerente de comunicação do órgão, Marinaldo Matos.

Ontem, foi registrada a passagem de 200 veículos, cujos destinos eram, principalmente, Manaquiri (a 65 quilômetros a sudoeste de Manaus) e Careiro Castanho (a 102 quilômetros da capital) “O único problema registrado foi com as voadeiras, que dificultaram a atracação da balsa”, disse Matos.