Publicidade
Cotidiano
Notícias

Fezes de morcegos dificultam aulas em Escola Estadual do Amazonas

Segundo os estudantes, a falta de reformas eficientes na escola tem causado doenças para alunos e funcionários 13/06/2012 às 18:44
Show 1
A Escola Estadual Isai Vasconcelos é considerada a mais importante do município
Mariana Lima Manaus

Estudantes e professores da Escola Estadual Isai Vasconcelos, localizada em Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus) reclamam da insalubridade do colégio. Segundo os estudantes, no local há goteiras e fezes de morcego.

Ao todo 1,4 mil alunos estudam na Escola em três horários. As séries pertencem ao ensino fundamental e médio e estão locadas em 14 salas.

Segundo o presidente da União Municipal Secundarista de Iranduba (UMIS), Risley Caristo, as salas são equipadas com dois ar condicionados, que não funcionam. “Quando colocaram os aparelhos não pensaram na fiação, que não suporta a potência. Os alunos estudam no calor.”, disse.

A falta de reformas também é denunciada pelos estudantes que alegam que recentemente houve uma pintura nas salas, mas não resolveram problemas estruturais. “Uma sala chegou a pegar fogo devido a um curto-circuito”, disse Caristo.

A escola também, segundo os denunciantes, possui diversas goteiras que além de danificar móveis trazem fezes de morcegos para dentro das salas de aula gerando doenças para alunos e professores.

Em nota, a assessoria da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) informa que a escola está incluída no planejamento de reformas para o próximo semestre. As ações de recuperação da unidade escolar serão iniciadas após a conclusão do processo de licitação por meio do qual está sendo contratada uma empresa especializada para a execução dos serviços.

Os alunos e professores prometem realizar uma passeata em frente da escola no início da noite desta quarta-feira (13).