Publicidade
Cotidiano
Notícias

Fifa irá investigar escolha das sedes das Copas do Mundo de 2018 e 2022

A Rússia ganhou o direito de sediar a Copa do Mundo em 2018 e o Qatar em 2022. O consultor anti-corrupção da Fifa, Mike Pieth, disse que a investigação é chave para a modernização do futebol 16/07/2012 às 16:28
Show 1
Joseph Blatter, presidente da FIFA
Uol São Paulo (AP)

O Comitê Executivo da Fifa investigará o processo de escolha dos países sedes das Copas do Mundo de 2018 e 2022. Rússia e Qatar, respectivamente, ganharam o direito de sediar os torneios em um processo de escolha conjunta repleto de suspeitas de compra de votos.

A investigação faz parte das reformas anti-corrupção iniciadas pelo presidente Joseph Blatter. O Comitê apontará advogados para comandarem um processo de investigação independente.

O consultor anti-corrupção da Fifa, Mike Pieth, disse que a investigação é chave para a modernização do futebol.

“Isso é fundemental para a modernização. Iremos encontrar com pessoas que participaram das votações, e colocar tudo às claras” afirmou Pieth ao jornal inglês The Guardian

A votação foi realizada em dezembro de 2010 e foi marcada pela alegação de que alguns membros teriam recebido pagamentos ou favores para fazerem parte de um pacto que privilegiasse as candidaturas do Qatar e a de Portugal-Espanha. A Rússia ganhou o direito de sediar a Copa do Mundo em 2018 e o Qatar em 2022.