Publicidade
Cotidiano
Notícias

Fiscalizações mais rigorosas contra motoristas na área urbana e nas estradas de Manaus

Nas últimas horas do ano de 2012, as polícias Rodoviária Federal do Amazonas (PRF) e  a Polícia Militar (PM) prometem atuar com mais rigor contra as irregularidades ao volante, principalmente nos casos de embriaguez, com aplicação das punições da Lei Seca     30/12/2012 às 20:02
Show 1
No feriado do prolongado do Natal o Departamento de Trânsito (Detran) chegou a multar 30 motoristas com base na nova regras da Lei Seca
acritica. com ---

De acordo com Polícia Militar, equipes do Batalhão de trânsito estão atuando deste sexta-feira, 28, em fiscalizações junto aos veículos que transitam  na travessia  da Ponte sobre o rio Negro e Barreira Manaus-Itacoatiara.  

“A Polícia se sente mais fortalecida, mais amparada pela lei para poder fazer este trabalho. Com certeza a gente consegue aumentar a segurança e com certeza a missão da polícia militar é sempre estar preservando vidas”, afirma o major da PM Regilson Auzier. Segundo Auzier as pessoas não devem se sentir constrangidas durante a abordagem “ pois a PM observará  apenas se os veículos estão documentados, se há bebidas alcoólicas, se quem está no volante tem habilitação e a revista de praxe em busca de armas ou drogas”.

Ainda segundo a PM, o policiamento na Barreira e Ponte sobre o rio Negro contará com o posicionamento estratégico de viaturas e redutores de velocidade garantindo portanto, segurança para as festividades de fim de ano.

Polícia Rodoviária Federal

Desde o dia 21 de dezembro a Polícia Rodoviária Federal  (PRF) intensifica os trabalhos com a operação “Fim de Ano” que reforça a fiscalização 24h , a fim de evitar acidentes nas estradas. Esse tipo de fiscalização, que é recorrente em grandes feriados do ano, acontece agora no período do Ano Novo e segue até o dia 02 de janeiro. Esse reforço estará em locais onde acontecem mais acidentes. Estão sendo observadas infrações de velocidade, ultrapassagem e casos de embriaguez ao volante, tendo por base as novas regras mais rígidas da Lei Seca.

A Polícia Rodoviária alerta aos motoristas que estão dirigindo alcoolizados, que,  com a novas regras da Lei Seca,  a simples recusa em usar o bafômetro, não se limita  somente a uma infração administrativa, mas sim, a uma ocorrência policial que pode levar à prisão do infrator, mediante as novas provas que podem ser: filmagens, fotos e provas testemunhais.