Publicidade
Cotidiano
Notícias

Futuro prefeito de Manaus terá muitos desafios pela frente

Camelôs, trânsito, transporte, saúde, educação, mercados e feiras, iluminação, água e segurança esperam por soluções 06/10/2012 às 14:23
Show 1
600 mil veículos é o tamanho da frota que o novo prefeito de Manaus terá de administrar a partir de 2013
Gerson Severo Dantas ---

O prefeito que começa a ser escolhido neste domingo por 1,17 milhão de eleitores que vivem em Manaus tem pela frente um rosário de problemas para resolver ou, ao menos, encaminhar a solução. Camelôs, trânsito, transporte, saúde, educação, mercados e feiras, iluminação pública, água e até segurança, que teoricamente é uma atribuição do Governo do Estado, são partes de uma cidade que parou no tempo e não viu as soluções necessárias.

O maior exemplo do descaso talvez seja a situação dos camelôs. Eles  se instalaram livremente nas calçadas do Centro histórico nos anos 90 e desde então se espalharam pelos bairros.

Conforme estimativa da Associação Comercial do Amazonas, eles passam de 8 mil só no Centro. A Associação dos Camelôs estima que  15 mil pessoas sobrevivam dessa atividade, que não paga impostos, comercializa produtos piratas, oriundos de contrabando.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).