Publicidade
Cotidiano
entrega viaturas

Governador exige empenho durante solenidade de entrega de viaturas e equipamentos para a polícia

Durante a solenidade de entrega, Omar Aziz cobrou dedicação das polícias que, agora, estão mais estruturadas 13/01/2012 às 07:58
Show 1
Segundo Omar Aziz, é muito difícil " trabalhar sem condições"; ele se comprometeu, inclusive, a voltar a rever um possível aumento, este ano, para as polícias
Florêncio Mesquita Manaus

Até julho deste ano o Governo do Estado pretende implantar o programa “Ronda no Bairro” em todas as zonas da cidade e dobrar o número de delegacias na capital, além de garantir uma polícia mais eficiente e presente nas comunidades. As promessas foram feitas pelo governador Omar Aziz, durante a entrega de 466 novas viaturas e 97 motocicletas para as polícias Militar e Civil, na manhã de quinta-feira(12), no Centro de Exames de Direção Veicular do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran), na Zona Norte da cidade.

 Além das viaturas, os policiais receberam 4,5 mil armas, coletes balísticos e kits individuais. O investimento total do reaparelhamento das polícias ultrapassa R$ 250 milhões, sendo R$ 100 milhões só dos equipamentos apresentados.

Omar também garante que até o dia 15 de fevereiro a primeira etapa do programa deve estar em funcionamento na Zona Norte. A licitação para viabilizar o programa na Zona Leste, segunda a receber a inovação na segurança, já está em andamento. Atualmente existem 17 Departamentos Integrados de Polícia (DIP) na capital e com os outros 13 que estão sendo construídos, somarão 30.

 Para Omar, a entrega dos equipamentos simboliza o início da redução dos índices de violência que tem crescido nos últimos meses na cidade.

 No total, serão 800 novas viaturas paras as polícias Civil e Militar, até o próximo mês, quando os novos carros destinados ao programa Ronda forem entregues. Das 466 viaturas entregues nessa quinta-feira, 229 são para a PM, distribuídas entre 15 Companhias Interativas Comunitárias (Cicom) e 237 novos carros para a Polícia Civil. Outras 142 viaturas serão encaminhadas para o interior a partir de amanhã, 14. As delegacias distritais das polícias Civil e Militar nos municípios polo, receberão duas viaturas. Já as delegacias localizadas nas demais cidades, receberão um veículo cada.

Segundo o governador, o equipamento entregue não faz parte do programa Ronda no Bairro, mas do reaparelhamento da polícia para trabalhar na prevenção e repressão de crimes. Ele explica que a partir agora nenhum policial poderá reclamar que não atendeu uma ocorrência, porque não teve condições de trabalho. Ele reconhece que essa era a realidade do policial no Estado e que se refletia na desmotivação da categoria e, na maioria dos casos, na quebra de compromisso desse policial com a instituição.

 “É muito difícil trabalhar sem ter condições. Não tem como o policial estar motivado com um carro velho que quebra na rua, ou estar sem armas e com delegacias sem estrutura. Dando novos equipamentos e mostrando o esforço para valorizar o policial, inclusive, com aumento salarial, esperamos ter uma polícia melhor”, disse.

Mudança no dia a dia é fundamental

Questionado sobre a insegurança sofrida pela população, Omar respondeu que está priorizando o investimento material, para que ocorra a mudança do empenho da própria polícia. “Todos queremos sair com a família sem ser assaltado. Estamos lutando para isso. Mas para reduzir a criminalidade, precisamos do empenho da polícia”, disse.

 Segundo o presidente dos instrutores de auto-escolas de Manaus, Jucinaldo Mota, a área de exames de direção do Detran/AM foi transformada em menos de um dia, para a entrega das novas viaturas. Ele explica que há meses a categoria reivindica junto à reforma da área que resulta em prejuízo para os alunos. “É impressionante como o governo se mobiliza para fazer uma reforma relâmpago só na área do evento, onde os exames de direção são feitos. A área de treino continua cheia de buracos, sem sinalização e em péssimas condições para o aluno treinar. Por que não podem fazer a mesma coisa na área de treino?”

Engavetamento após apresentação

Embora a entrega das novas viaturas tenha reunido grande número de pessoas, o fato que mais chamou atenção foi o que aconteceu 30 minutos depois da cerimônia de entrega dos veículos: pelo menos três nova viaturas se envolveram em um acidente de trânsito, que causou congestionamento e despertou indignação em quem testemunhou a situação.

O engavetamento inusitado das viaturas modelo Pick Up, conduzidas por policiais militares, ocorreu no bairro Vieiralves, na Zona Centro-Sul da cidade. Logo depois de saírem no Centro de Exames de Direção Veicular do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran), as 466 viaturas se dispersaram pela cidade com as sirenes ligadas. Testemunhas informaram que os veículos seguiam, em alta velocidade, pelo Vieralves, quando uma das viaturas estancou no meio da rua. Por conta da velocidade, os demais que seguiam atrás do veículo parado não tiveram como frear. Apesar dos três dos danos materiais, nenhum policial ficou ferido. O terceiro veículo do comboio foi o que teve danos mais severos. A dianteira da viatura ficou parcialmente destruída.

Após a colisão, os policiais saíram dos veículos para observar o estrago. Ainda na tarde de quinta-feira, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou, por meio de nota, que os policiais militares envolvidos no acidente já estão respondendo a procedimento administrativo e inquérito técnico instaurados pelo Comando da Polícia Militar. A nota também esclarece que os PMs terão que arcar financeiramente pelos prejuízos da colisão. Os veículos foram encaminhados para manutenção e devem estar em funcionando no prazo de três dias.