Publicidade
Cotidiano
Casamento

Governo do Amazonas vai oficializar união de 150 casais no município Careiro da Varzea

As despesas do cartório, as alianças, a ornamentação e o coquetel serão viabilizados pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), que levará toda a estrutura para a cidade, nesta manhã 13/05/2016 às 05:00
Show 5b3179ab ca20 4804 b9e7 d37c10f10840
(Foto: Divulgação)
ACRITICA.COM

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), com o apoio do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ/AM), realiza nesta sexta-feira, 13 de maio, às 10h, o 2º Casamento Coletivo/2016.

A cerimônia para 150 casais será no município Careiro da Varzea (distante 25 quilômetros de Manaus), na Escola Profissional Lanteriama, na rua Caapiranga, s/nº, Centro.

As despesas do cartório, as alianças, a ornamentação e o coquetel serão viabilizados pela Sejusc, que levará toda a estrutura para a cidade, nesta manhã

Além de duas testemunhas, cada casal poderá levar quatro convidados para o evento, celebrado pela juíza Sabrina Cumba Ferreira

As despesas do cartório, as alianças, a ornamentação e o coquetel serão viabilizados pela Sejusc, que levará toda a estrutura para a cidade. Além de duas testemunhas, cada casal poderá levar quatro convidados para o evento, celebrado pela juíza Sabrina Cumba Ferreira.

A secretária da Sejusc, Graça Prola, explica que os casamentos coletivos tem como público-alvo casais que não tem condições de pagar os custos gerados no cartório e nem de organizar uma festa para celebrar a união.

“Na maioria dos casos, são casais que já constituíram família e que tem o desejo de oficializar o matrimônio legalmente, mas que por motivos financeiros, ainda não o fizeram”, explicou a secretária.