Publicidade
Cotidiano
Notícias

Governo estuda medidas para impulsionar polo de duas rodas da Zona Franca de Manaus

Também rceberão atenção as produções de ar-condicionado split e de fornos microondas da Zona Franca de Manaus (ZFM) 22/05/2012 às 16:38
Show 1
Polo de duas rodas terá atenção especial do governo
acritica.com Manaus

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta terça-feira (22), em audiência pública no Senado, que o governo está estudando medidas para impulsionar os setores de duas rodas, de ar-condicionado split e de fornos microondas da Zona Franca de Manaus (ZFM). Segundo ele, as medidas já foram aprovadas pelo ministério e deverão ser anunciadas em breve. A declaração do ministro foi em resposta ao líder do Governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB), que explicou que há fábricas em Manaus com estoques parados há quatros meses.

Na audiência pública, realizada para que Mantega pudesse explicar aos senadores as novas regras de rendimento das cadernetas de poupança conforme a Medida Provisória 567/2012, publicada no dia 4 de maio passado, o senador Eduardo Braga elogiou as novas regras e disse que as medidas de redução da taxa básica de juros irão ajudar o país a enfrentar a crise financeira internacional.

Na audiência pública, Guido Mantega assegurou que as novas regras para as cadernetas de poupança não retiram a rentabilidade e a segurança desse tipo de aplicação. Ele explicou que, comparado a aplicações mais bem remuneradas, como os fundos de investimento, a poupança mantém rentabilidade, uma vez que não necessita de pagamento de taxa de administração e é isenta de declaração no imposto de renda.

Segundo as novas regras, os depósitos em caderneta de poupança feitos após o dia 4 de maio terão rendimento de 70% da taxa Selic, mais taxa referencial, quando a primeira taxa for igual ou abaixo de 8,5%. Caso a taxa Selic seja maior que 8,5%, os rendimentos da poupança permanecem como antes, assim como não mudarão as regras para as aplicações feitas até o dia 4 de maio.