Publicidade
Cotidiano
Notícias

Hemoam expande núcleo de atendimento para seis municípios em 2013

Com sede em Manaus, o Hemoam atende as unidades de saúde de todo o Estado. O hemocentro encaminha sangue pronto para utilização de pacientes em unidades hospitalares de 42 municípios. Com a expansão, será possível que hospitais do interior concentrem material para atender pacientes com câncer e grandes cirurgias. 05/12/2012 às 17:27
Show 1
Hemoam terá atendimento em municípios do interior
acritica.com Manaus (AM)

A Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) vai expandir sua base de atendimento para o interior, a partir de 2013, com a construção de hemonúcleos em Coari, Tabatinga, Tefé, Manacapuru, Parintins e Itacoatiara. A abertura das unidades vai permitir a captação de doadores, coleta e fracionamento de sangue nos municípios, facilitando a assistência médica de pacientes sem a necessidade de deslocamento para Manaus.

Isto foi possível graças aos R$ 8,8 milhões em recursos de emendas de parlamentares da bancada do Amazonas. Cada parlamentar dedicou R$ 1,3 milhão do seu orçamento para a construção e equipagem dos hemonúcleos. Até 2014, o Hemoam também contará com R$ 4 milhões do Ministério da Saúde para equipar as novas unidades do interior.

Segundo o diretor presidente do Hemoam, Nelson Fraiji, que foi a Brasília buscar o apoio dos parlamentares, os recursos permitirão re-estruturar a hemorrede estadual criando os núcleos e 42 agências transfusionais, além da implantação do laboratório NAT (novo sistema de teste aplicado para HIV e HPV). As emendas serão liberadas ao longo de 2013 e as obras serão encaminhadas para licitação no mesmo período. A previsão é que as obras sejam finalizadas em 2014.

“É uma iniciativa que oferece base para o hospital ampliar a assistência médica aos pacientes permitindo o tratamento local sem a necessidade de transferência para Manaus”, frisou Fraiji.


Atendimento em todo o Estado

Depois da instalação dos hemonúcleos nos seis municípios, a previsão é que Humaitá e São Gabriel da Cachoeira sejam beneficiados. Os hemonúcleos serão unidades com 361.76 m². A unidade especial contará com um laboratório de análise clínicas articulado com o laboratório do Hemoam na capital do Estado.

“Isso estabelece uma rede de serviços permitindo que todos os exames realizados em Manaus possam ser realizados no interior. É um benefício espetacular para o diagnóstico”, disse o diretor presidente do Hemoam.


Destinação das verbas

A emenda do senador Eduardo Braga é direcionada à construção da unidade em Coari; a do deputado Pauderney Avelino, para Tabatinga; a do deputado Átila Lins, para Tefé; a de Sabino Castelo Branco, para Manacapuru; da deputada Rebecca Garcia, para Parintins; e a do deputado Carlos Souza, para Itacoatiara. A emenda individual reservada pelo deputado Silas Câmara, no valor de R$ 1 milhão, vai auxiliar a compra dos equipamentos para as unidades.