Publicidade
Cotidiano
Notícias

Homem é espancado até a morte em comércio no bairro Compensa, na Zona Oeste de Manaus

Segundo testemunhas a vítima foi surpreendida por três rapazes ao sair do banheiro do local onde estava bebendo. Um dos agressores foi preso por populares e levado para a delegacia 06/08/2014 às 11:25
Show 1
Homem morto por espancamento na Compensa, durante bebedeira
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Dhemis Marques Holanda de Abreu, 33, foi morto por espancamento por volta das 6h desta quarta-feira (6), em uma comércio na rua 4, na Vila Marinho, bairro Compensa 3, na Zona Oeste da capital. De acordo com testemunhas, o homem parecia estar embriagado e foi atacado de surpresa por três indivíduos, assim que saía do banheiro do estabelecimento.

O local do crime fica bem próximo à Ponte Rio Negro e funciona 24 horas. No momento do crime, poucas pessoas estavam na rua. A polícia foi acionada e, quando chegou ao comércio, verificou que o homem já estava morto. O corpo de Dhemis estava jogado na calçada logo na entrada do banheiro do comércio.

O suspeito do crime é Ewerton Augusto de Almeida Batalha, 29, que foi levado por policiais da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) para o 8º Distrito Integrado de Polícia (DIP). O homem foi enquadrado nos crimes de lesão corporal seguido de morte e deve ser envaminhado para a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus.

Outra versão

A assessoria da Polícia Civil informou que no momento do crime, a vítima e o agressor bebiam juntos e pareciam ser “amigos”. Após uma acalorada discussão, Dhemis foi ao banheiro e foi seguido por Ewerton. Os dois travaram uma luta corporal, ainda conforme a assessoria, e o suspeito do crime empurrou a vítima contra o chão.

Ainda de acordo a Polícia Civil, com a queda, Dhemis bateu fortemente a cabeça no batente do banheiro e veio a falecer no local. O corpo de Dhemis foi recolhido por agentes do Instituto Médico Legal (IML) por volta de 8h30, para ser periciado. O caso será investigado pelos policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).