Publicidade
Cotidiano
Notícias

Homem tenta matar prefeito de Barreirinha, no interior do Amazonas

Segundo informações da representante do município em Manaus e advogada do prefeito, Ana Lúcia Salazar de Souza, há cerca de uma hora um homem que operava uma retroescavadeira tentou atingir o veículo do prefeito Mecias Pereira 15/05/2012 às 21:51
Show 1
O prefeito Mecias Pereira, conhecido como Mecias Sateré, sofreu uma tentativa de homicídio na tarde de hoje
Ana Carolina Barbosa Manaus

 Um homem identificado como Antônio Jorge Ribeiro, conhecido como “Jorge Parazinho” atentou contra a vida do prefeito de Barreirinha (a 329 quilômetros de Manaus), Mecias Pereira Batista (PSD), 46, por volta das 16h desta terça-feira (15/05). Ele foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia do município, mas foi liberado pelo delegado da localidade – o qual não teve o nome divulgado – em seguida.

Segundo informações da representante do município em Manaus e advogada do prefeito, Ana Lúcia Salazar de Souza, há cerca de cinco horas o acusado, que operava uma retroescavadeira em uma via do município, tentou atingir o veículo utilizado pelo prefeito, pertencente a Prefeitura de Barreirinha, e, sem sucesso, desceu do carro e tentou esfaquear o chefe do executivo municipal. Contudo, ele foi impedido por moradores da localidade e dois assessores que acompanhavam o prefeito, os quais também tiveram a identidade preservada.

Eles foram encaminhados ao Distrito de Polícia do município, onde prestaram depoimento. A advogada informou que solicitará ao Ministério Público do Estado (MPE-AM) que intervenha, pedindo a prisão preventiva do acusado à Justiça para garantir a integridade física de Mecias e “a paz e a ordem pública”.

De acordo com ela, em depoimento o acusado justificou que o prefeito estava devendo uma quantia em dinheiro a ele e que não havia pago. A petição será encaminhada amanhã ao MPE.

Mecias Pereira é indígena da etnia Sateré-Mawé. Ele é um dos dois únicos prefeitos indígenas do Amazonas. O outro é o prefeito de São Gabriel da Cachoeira, Pedro Garcia, da etnia Tariano.