Publicidade
Cotidiano
Notícias

Ipem divulga balanço do 1º dia de exames nos ovos de Páscoa

O descumprimento dos critérios como peso, medidas e ausência de selo do Imetro pelas empresas produtoras pode acarretar em multa que varia de R$ 400 a R$ 200 mil. 27/02/2013 às 18:29
Show 1
Ipem realizou diversos testes nos ovos das marcas selecionadas
acritica.com Manaus (AM)

O Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem-AM), iniciou nesta quarta-feira (26) a fase de exames periciais da ‘Operação Páscoa 2013’, com a conferência da conformidade do peso dos ovos de chocolate vendidos no comércio de Manaus com o peso que está descrito nas respectivas embalagens.

Três marcas foram testadas nesta quarta-feira (27): Nestlé, Lacta e Garoto. Nenhuma apresentou irregularidade.

A fase laboratorial da Operação Páscoa sucede a etapa de coleta do produto nos mercados e supermercados da capital, que, desde o dia 21 de fevereiro, vem recolhendo amostras dos ovos de páscoa.

Até o dia 22 de março a meta é fiscalizar 12 mil unidades do produto. Além das marcas já avaliadas pelo Ipem-AM, os ovos de chocolate da Arcor, Carrefour, Pietrobon, Ferrero Rocher, Kinder, Oiram Chocolates e Bombons Finos também passarão pela análise do órgão.


Verificação

A operação também verifica a conformidade com os padrões de qualidade dos brindes colocados dentro dos ovos. O peso desses brindes deve ser descontado da pesagem total do chocolate.

“O brinquedo é um produto certificado pelo Inmetro e só pode ser comercializado se tiver a marca de certificação que garante que o objeto passou por todos os ensaios de qualidade e não representa risco em potencial à criança”, presidente do Ipem-AM, Márcio Brito.

O descumprimento desses critérios pelas empresas pode acarretar em multa que varia de R$ 400 a R$ 200 mil.