Publicidade
Cotidiano
Notícias

Iranduba e Novo Airão estão na lista do Ministério do Turismo para receber cursos

Os cursos profissionalizantes são voltados às áreas de hotelaria, agências de viagens, segurança e gastronomia.  As ações têm como objetivo a implantação do Pronatec Turismo 20/07/2015 às 08:54
Show 1
Municípios com pontencial turístico, como Novo Airão, no Amazonas, foram selecionados pelo Pronatec Turismo
Acritica.com Manaus (AM)

Iranduba e Novo Airão, no interior do Amazonas, estão entre os 214 municípios que serão beneficiados este ano com cursos profissionalizantes em áreas como hotelaria, agências de viagens, segurança e gastronomia. Os cursos fazem parte de um pacote com 30 acordos de cooperação técnica que instituem parcerias entre o Ministério do Turismo e órgãos estaduais e municipais de Turismo, com o objetivo de implantar o Pronatec Turismo. Os acordos foram publicados, na última sexta-feira, 17, no Diário Oficial da União.

Serão quatro linhas de ação do Programa: uma para pessoas que desejam atuar no turismo; outra para pessoas que já trabalham na área; uma terceira para jovens e familiares em situação de vulnerabilidade social ligados ao projeto ViraVida; e outra destinada à produção associada ao turismo, para o desenvolvimento local de municípios.

Os novos acordos sinalizam que, além dos 120 contemplados no esforço de qualificação para a Copa do Mundo na 1ª fase do Programa, foram inseridos mais 94 para esta segunda fase, que visa a Olimpíadas.

Entre as novas cidades selecionadas, 81 estão localizadas no entorno de Parques Nacionais e 13 são municípios históricos. Os dois municípios do Amazonas foram incluídos por serem considerados grandes potências do turismo para a Amazônia Brasileira.

Foco no Norte

Neste ano, o Pronatec Turismo aumentou ainda a participação da região Norte no programa, com a inclusão, do estado do Amapá. Para 2016 a previsão é que Roraima e Acre também sejam contemplados. As aulas devem começar nos próximos meses, mas a data especifica não foi divulgada pelo  Ministério do Turismo.

Os interessados devem acompanhar a publicação das datas de pré-matrículas, aos cursos e aos números de vagas disponíveis junto aos órgãos municipais de turismo, em momento oportuno a ser divulgado. O programa vai oferecer mais de 200 cursos, a depender da demanda e capacidade do Instituição de Ensino (ofertante) de cada município.

Além dos dois municípios do Amazonas, foram selecionados dez do Nordeste, entre eles Lauro de Freitas (BA), Lençóis (BA), Aracati (CE), Beberibe (CE), Jijoca de Jericoacoara (CE) São Benedito (CE), Viçosa do Ceará (CE), Canguaretama (CE), Laranjeiras (SE) e São Cristóvão (SE); nove cidades mineiras também estão na lista: Aiuruoca, Conceição do Mato, Dentro,Itamonte, Ouro Branco,Itanhadu,Pouso Alto e Santana do Riacho. Além disso há duas cidades de Goiás (Cavalcante e Formosa), duas de Mato Grosso do Sul (Bonito e Jardim) e duas de São Paulo (Ilhabela e São Vicente). O sul do País foi contemplado com Cambará do Sul, Garibaldi, Gramado e São Borja, todos no Rio Grande do Sul.

Apesar do foco do projeto ser o Norte, os acordos focalizaram no Nordeste, que tiveram dez municípios selecionados para o programa, seguindo das cidades mineiras, com nove municípios escolhidos, além do Sul e Sudeste.