Publicidade
Cotidiano
Notícias

Jornalista do Amazonas morre em acidente de carro no RJ

Luciana era formada em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Ela trabalhou em diversos veículos no Estado e chegou a ser candidata a vereadora pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB) na eleição municipal de 2008 04/01/2013 às 18:34
Show 1
Casal morre em grave acidente na estrada do Rio de Janeiro
acritica.com Manaus (AM)

Um acidente de carro tirou a vida da jornalista do Amazonas Luciana Fontes e de seu namorado, Alessandro Lutfy Ponce de Leon em uma estrada no estado do Rio de Janeiro no início da tarde desta sexta-feira (4).

O casal estava em um Civic preto no km 53, da RJ-124, Via Lagos, quando Alessandro perdeu o controle do veículo e entrou embaixo de um caminhão que vinha no sentido contrário da via.

Familiares informaram que o pai de Luciana já viajou até o Rio para buscar o corpo, que deve ser velado na cidade de Campins, interior de São Paulo, cidade onde seus pais residem há mais de três anos.

Vida no Amazonas

Natural do estado do Ceará, Luciana veio atém o Amazonas ainda criança, era formada em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e Radialismo pela Uninorte. Ela trabalhou em diversos veículos de rádio e do jornal impresso no Estado. Chegou a ser candidata a vereadora pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB) na eleição municipal de 2008.

Atualmente, trabalhava em uma agência de comunicação no estado do Rio de Janeiro onde era sócia proprietária. Ela se mudou para acompanhar o namorado, Alessandro Lutfy Ponce de Leon que estava empregado como assessor da Casa Civil da cidade do Rio de Janeiro.

Família e amigos lamentam

Um mulher apaixonada pelo seu trabalho, falante e esempre muito ativa, assim é a descrição de Luciana. "Éramos amigas há 6 anos, ela era minha colega de aula na Ufam e minha vizinha, por causa dela eu tive meu primeiro emprego. A mulher era de personalidade muito forte, apaixonada por política e por trabalhar com o terceiro setor", relembra Thaianty Gonçalves, amiga de Luciana.

"Até agora eu não acredito no que aconteceu. Ela estava tão feliz por estar realizndo um sonho de trabalhar com jornalismo no Rio de Janeiro", lamenta Dysson Telles Alves, tio de Luciana.

Para ele, a lembrança mais forte da sobrinha será a de sua energia. "Ela sempre estava envolvida em alguma atividade, com mil coisas para fazer. Era desse jeito que ela gostava de viver a vida, sempre muito alegre e falante", completou o tio.


Atualmente, trabalhava em uma agência de comunicação no estado do Rio de Janeiro, estado que se mudou para acompanhar o namorado, Alessandro Lutfy Ponce de Leon que estava empregado como assessor da Casa Civil da cidade do Rio de Janeiro.