Publicidade
Cotidiano
Notícias

Jovem é morto a tiros em bloco de Carnaval no bairro Nova Cidade

Pai da vítima acredita que Misal tenha sido morto por conta de dívidas com traficantes, já que o filho era usuário de drogas 05/03/2014 às 18:49
Show 1
Misael tinha 21 anos e trabalhava em um supermercado
Vinicius Leal Manaus (AM)

O arrumador de supermercado Misael Ramos de Oliveira, 21, foi morto com um tiro na cabeça quando estava em um bloco de carnaval realizado na rua Principal 3, bairro Nova Cidade, na Zona Norte. O crime aconteceu na noite de terça-feira, às 21h10, e a vítima foi surpreendida no meio da multidão por um homem que efetuou os disparos e fugiu.

"Não tenho a menor ideia do que realmente aconteceu. Tudo indica que isso foi a mando de alguém ou marcação”, disse o pai de Misael, o mestre de obras Odonias Ferreira Oliveira, 52. A vítima estava em meio a um aglomerado de pessoas na rua Principal 3, um homem chegou por trás dele, efetuou um tiro nas têmporas de Misael e fugiu pela multidão.

Misael era usuário de drogas, segundo o pai. “Uma vez ele teve uma dívida de R$ 300, há uns dois anos. Eu mandei chamar o cara (traficante) e paguei. Aí ficou tudo bem. Depois disso eu não soube de mais nada sobre dívidas ou problemas com meu filho”, disse Odonias.

O velório da vítima aconteceu em uma igreja na rua Pitomba, bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte. No site do Tribunal de Justiça, o nome de Misael aparece como réu em dois processos por roubo. A morte dele será investigada pela Delegacia de Homicídios (DEHS).