Publicidade
Cotidiano
Notícias

Justiça bloqueia R$ 1 milhão das contas da Prefeitura de Parintins por TAC não cumprido

Segundo o prefeito Alexandre da Carbrás, o bloqueio do recurso inviabiliza uma série de ações como o pagamento de servidores e fornecedores. Ele afirmou ainda que a realização do Carnailha também está ameaçada 26/01/2016 às 18:33
Show 1
Prefeito disse que um recurso referente ao mesmo este TAC estará em julgamento nesta quarta, em Manaus, e por isso lhe causou estranheza a medida judicial que bloqueia os valores
acritica.com* Manaus (AM)

A Justiça do Trabalho bloqueou aproximadamente R$ 1 milhão de reais das contas da Prefeitura de Parintins. A informação foi repassada pelo prefeito Alexandre da Carbrás nesta terça-feira, em coletiva de imprensa. Segundo o gestor do município, o bloqueio se dá por conta de um TAC – Termo de Ajustamento de Conduta assinado pelo município em 2003.

No TAC a Prefeitura se compromete a eliminar a figura do servidor temporário por meio de concursos públicos. Além da promoção de concursos, outra obrigação da Prefeitura seria a demissão dos temporários entre outros pontos.

Segundo o prefeito Alexandre da Carbrás, o bloqueio do recurso inviabiliza uma série de ações como o pagamento de servidores e fornecedores. Ele afirmou ainda que a realização do Carnailha também está ameaçada.

“Nós fomos pegos de surpresa no momento em que mal conseguimos arcar com a folha de pagamento. Antes de pagar os fornecedores, nossa preocupação maior é com nossos servidores”, disse.

Alexandre disse que um recurso referente ao mesmo este TAC estará em julgamento nesta quarta-feira, em Manaus, por isso afirmou lhe causar estranheza a medida judicial que bloqueia os valores. “Um recurso como esse faz muita e é lamentável que isso ocorra neste momento”, enfatizou.

O prefeito de Parintins acredita que a Prefeitura tem buscado se regularizar perante a Justiça do Trabalho ao cumprir pontos referentes ao Termo de Ajustamento de Conduta. “Demitimos os temporários ano passado e estamos promovendo um concurso com mais de duas mil vagas o que prova nossa intenção de resolver as pendências”, concluiu.

Prefeitura anuncia empresa que irá fazer concurso 

O Instituto de Pesquisa de Rondônia (IPRO) foi a empresa ganhadora dalicitação para realizar o concurso público da Prefeitura de Parintins.O termo de contrato foi assinado nesta segunda-feira, pelo prefeitoAlexandre da Carbrás após resultado no pregão presencial 01/2016. Aempresa terá a responsabilidade de realizar o concurso, incluindopreparação, elaboração e confecção das provas, processamento deresultados de todo o processo.

O certame anunciado pela Prefeitura de Parintins disponibilizará 2.055vagas em todos os níveis. A meta da administração é que a homologaçãodos resultados ocorra ainda no primeiro semestre.

Segundo Carbrás, os representantes da empresa deverão chegar estasemana no município para junto ao município definir os andamentos dadisputa. “Esse é um passo muito importante principalmente para aquelesque já não acreditavam nesta oportunidade. Muito em breve teremos maisnovidades a respeito desse concurso tão esperado pela nossa população.

O prefeito Alexandre da Carbrás foi enfático em afirmar que não há apossibilidade do concurso não ser realizado por conta do calendárioeleitoral de 2016. “Conversamos com a nossa Procuradoria e buscamostambém essa informação em outras fontes que nos garantem que nãohaverá prejuízos para a realização do certame”.