Publicidade
Cotidiano
Notícias

Ladrões levam R$ 300 mil de banco no interior do Amazonas

Segundo informações da polícia do município o assalto aconteceu por volta das 11h, no momento que a agência estava sendo dedetizada por funcionários de uma empresa especializada 19/08/2012 às 18:00
Show 1
Bando roubou R$ 300 mil de agência bancária em Novo Airão (AM)
Joana Queiroz Manaus (AM)

A Polícia Militar está tentando identificar e localizar os quatro homens que na manhã deste sábado (18) invadiram a agência do banco Bradesco do município de Novo Airão, Região Metropolitana de Manaus, obrigaram o gerente identificado como Eli a abrir o cofre de onde lavaram R$ 300 mil em espécie.  O delegado do município Lázaro Ramos instaurou inquérito para investigar o caso.

Segundo informações da polícia do município o assalto aconteceu por volta das 11h, no momento que a agência estava sendo dedetizada por funcionários de uma empresa especializada. Dois ladrões entraram renderam a pessoa que estava dedetizando e um funcionário do estabelecimento que acompanhava a execução do serviço.

Roubo

Os ladrões exigiram que eles ligassem para o gerente e fizessem que ele fosse ao bando. No momento que Eli chegou ao local também foi rendido e obrigado a abrir o cofre. Segundo as vítimas, os assaltantes pareciam estar bem informados sobre a movimentação de dinheiro na agência. As outras duas vítimas ficaram amarradas no refeitório do banco.

Eles disseram que sabiam que tinha R$ 300 mil no cofre e ainda disseram que o dinheiro não ia fazer falta para o banco, porque este tinha seguro Bradesco. Os ladrões colocaram o dinheiro em mochilas e fugiram levando a vítima como refém no carro da própria vítima  um Siena de cor prata de placa não identificada.

Fuga

O carro com a vítima foram abandonados no Km 65, da estrada Manuel Urbano, que liga Manaus ao município de Manacapuru. Os ladrões levaram também a CPU com as imagens do circuito interno de TV do estabelecimento bancário. Até ontem a polícia ainda não tinha nenhuma pista que possa levar a quadrilha de assaltantes.

Segundo o que foi apurado pela polícia, os ladrões chegaram à cidade em um carro Celta Preto que ainda não teve a placa identificada. A polícia suspeita que foi nesse carro que eles fugiram depois de ter abandonado o gerente do banco em seu carro.

Buscas

A polícia está investigando para saber o rumo que o bando tomou, se foram para Manacapuru ou se vieram para Manaus.  Segundo informações dos policiais as investigações já começaram e a polícia está levantando informações se os assaltantes tiveram contato com alguém da cidade, para tentar fazer o retrato falado deles.

A principal suspeita da polícia é que os assaltantes são de Manaus e que eles foram só fazer o assalto e voltaram para a capital.  Os ladrões agiram de cara limpa e não foram violentos com as vítimas.