Publicidade
Cotidiano
Notícias

Livro sugere 66 filmes que todos os gerentes devem ver

Após anos utilizando produções cinematográficas em cursos e treinamentos, consultores comentam em livro 66 obras que podem ajudar gestores na difícil tarefa de administrar 25/11/2012 às 17:02
Show 1
Marco Oliveira é um consultor sobre filmes muito requisitado por outros consultores emnpresariais
Joubert Lima * ---

Amantes de cinema, os consultores empresariais Marco A. Oliveira e Pedro Grawunder selecionaram 66 filmes para orientar gestores sobre temas como liderança, motivação, negociação, criatividade e carreira, entre outros. O trabalho se transformou no livro “Os filmes que todo gerente deve ver”, que acaba de ser lançado pela Editora Saraiva.

O objetivo é ilustrar e comentar características e situações gerenciais por meio de filmes de diversas nacionalidades. Os temas e subtemas  de cada filme são comentados sob a ótica dos teóricos da administração, da economia e da psicologia, entre outras disciplinas. A proposta dos autores não é de indicar cenas isoladas, mas filmes que devem ser vistos por inteiro, com enredos que levantam pontos para reflexão.

A personagem Miranda Priestly, por exemplo, vivida por Meryl Streep em “O diabo veste prada”, é usada para ilustrar o comportamento obsessivo de certos gestores. Miranda comanda a revista Runway com mão de ferro, mostrando-se arrogante, exigente ao extremo e centrada em si mesma. Ela é o protótipo do gestor que tenta motivar sua equipe de forma equivocada: por meio da intimidação.

 Um gestor assim não é líder, pois não cativa os comandados, não os motiva a participar do trabalho em equipe pela satisfação de construir algo. Atitude obsessiva como a de Miranda, por incrível que pareça, ainda é muito comum no mundo corporativo e na gestão pública. “O maior ativador dessa atitude é o sucesso. Pessoas que têm sucesso atrás de sucesso - e frequentemente esse sucesso é merecido - podem descambar para a arrogância”, diz Marco Oliveira. 

 

* A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressora