Publicidade
Cotidiano
Notícias

Lucas se destaca em testes e preparador avisa: ‘Ano será promissor’

Depois de um 2011 sem férias, Lucas faz primeira pré-temporada e vai bem em força e velocidade 09/01/2012 às 08:58
Show 1
Lucas faz treino físico no CT de Cotia
Lance ---

Fabrício, Cortês, Maicon, Edson Silva e Paulo Miranda não são as únicas novidades da pré-temporada do São Paulo. Lucas também é. Apesar de ser promovido aos profissionais em 2010, ele está vivendo a pesada rotina de treinos físicos pela primeira vez.

No início do ano passado, o jogador não teve a preparação ideal. Lucas estava com a Seleção Brasileira Sub-20 para a disputa do Sul-Americano da categoria. Devido a isso, ele praticamente não teve férias em dezembro de 2010, já que o grupo se concentrou na Granja Comary, no Rio de Janeiro, pouco após o fim do Campeonato Brasileiro.

Em fevereiro, retornou ao Tricolor em uma segunda-feira e, na quarta, já estava na Paraíba para um jogo da Copa do Brasil. Praticamente sem folga, Lucas passou a ser convocado para a Seleção principal e emendou uma sequência de longas viagens pelo mundo.

Mesmo com apenas 18 anos (hoje 19), ele não aguentou. Uma lesão muscular o tirou de partidas decisivas do Paulistão e Copa do Brasil.

Com um treinamento adequado neste mês de janeiro e os 30 dias de férias, a comissão técnica são-paulina acredita que o camisa 7 terá mais condições de mostrar seu futebol:

– Com a pré-temporada, acho que ele poderá ter uma melhora muito grande. Ele teve férias e está mais descansado, até na parte psicológica, em que as pessoas acabam não dando muita importância.

– O ano é promissor. Não só para ele, mas para todos nós – analisou o preparador físico Sérgio Rocha.

Lucas teve um bom desempenho nos testes realizados na semana passada. Velocidade e força: foram esses os quesitos em que ele mais se destacou. Justamente os dois componentes fundamentais para as arrancadas, sua principal característica.

No sábado, por meio do Twitter, o meia-atacante deu mostras de que os treinos não têm sido fáceis.

“Depois de um treino puxado pela manhã e um almoço reforçado, vou dar aquela descansada que a tarde tem mais!”, postou em seu perfil.

Feliz com os reforços contratados e dentro do peso ideal, o ano profissional de Lucas está só começando.

Confira um Bate-Bola com Sérgio Rocha, preparador físico do São Paulo em entrevista ao LANCENET!:

O quanto é importante o atleta fazer uma boa pré-temporada?
Quando o atleta faz a pré-temporada, ele vem de umas férias, em que deu uma recuperada na parte física e psicológica também. Quando não para, acumula jogos e mais jogos e acaba não fazendo a manutenção, que é o certo. A pré-temporada reestabelece todo o ano. Aqui no Brasil não tem o tempo ideal, mas é importante mesmo assim.   

O que vai mudar para o Lucas?
É diferente quando ele volta da Seleção e pega o nosso trabalho, em uma fase mais específica. Isso é prejudicial para o jogador porque ele não consegue, às vezes, recuperar o trabalho que poderia ter sido feito no início do ano.

O que acha que ele perdeu sem a pré-temporada do ano passado?
Ele ficou sem pré-temporada, mas trabalhou bastante nestes últimos anos. Mas é claro que tem muita influência na parte de força. Existem algumas coisas que realmente fazem diferença, mas ele está no nível do grupo.

Viagens atrapalharam também?
Esse é o principal desgaste. Ele teve as viagens de fora (Seleção Brasileira) e as viagens nossas.

José Mário Campeiz, também preparador fisico do São Paulo:

O Lucas voltou nas condições físicas normais dele. Durante as férias, ele jogou muito. Nós pedimos para eles evitarem os jogos de fim de ano. Falamos para eles realizarem atividades físicas que sejam diferentes do futebol, mas é inevitável.
Porque são muitos jogos beneficentes e confraternizações. A gente só orienta para que eles não entrem com a mesma dedicação para evitar algum tipo de lesão.
Ele é um garoto que tem um biotipo muito bom. E tenho certeza de que este ano ele vai ter condições de ser melhor do que foi na última temporada.