Publicidade
Cotidiano
Notícias

Luxo vira lixo: alegorias abandonadas ajudam a criminalidade em Manaus

As estruturas do Carnaval de Manaus de 2012 comprometem a paisagem da cidade, impedem novos eventos e servem de área para bandidagem 05/12/2012 às 08:01
Show 1
Moradores do entorno denunciaram que estruturas são usadas por bandidos
Náferson cruz Manaus

Quase um ano depois do desfile das escolas de samba do Carnaval de Manaus, as estruturas metálicas de diversas alegorias ainda estão na área externa dos barracões, localizado próximo ao Centro de Convenções, o sambódromo, no bairro Flores, na Zona Centro-Sul.

As estruturas abandonadas, expostas ao ar livre, perderam a graça que as fizeram brilhar na passarela. Até quando ficarão por ali ninguém sabe ao certo. A única certeza é que o luxo virou lixo. A CRÍTICA identificou que numa área de escape da concentração, com acesso pela rua Loris Cordovil, e na pequena via de acesso ao sambódromo, há pelo menos 22 carros alegóricos deteriorados, restos de fantasias e adereços jogados.

Para o presidente do Clube do Fusca do Amazonas e participante do Clube de Automóveis Antigos de Manaus, Humberto Horta Neto, a área do entorno do Centro de Convenções que está tomada por carros alegóricos poderia servir para a realização de eventos, que antes eram feitos no estacionamento do extinto estádio Vivaldo Lima. “De alguns meses pra cá, os eventos voltados aos automotivos se tornaram impossíveis de serem realizados, pois a área externa do sambódromo virou um verdadeiro depósito de restos de carros alegóricos”, disse.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).