Publicidade
Cotidiano
Notícias

Mãe luta para resgatar filha do mundo das drogas e prostituição

Dona de casa aciona a polícia para tentar salvar a adolescente envolvida com drogas e livra-la de uma suposta quadrilha de prostituição juvenil 13/11/2012 às 07:45
Show 1
Sem saber o que fazer, a dona de casa Regina Lopes recorreu à polícia para tentar tirar a filha, de 15 anos, da prostituição
acrítica ---

O desaparecimento de uma adolescente de 15 anos de idade, moradora do bairro Alfredo Nascimento, na Zona Norte, está levantando suspeitas sobre um possível caso de aliciamento para prostituição juvenil.

A adolescente fugiu de casa há duas semanas, após os pais descobrirem que ela estava envolvida com drogas. A mãe dela, a dona de casa Regina Lopes Carneiro, atribiu o contato da filha com as drogas à uma mulher chamada Débora, apelidada de “Peituda Love” e os irmãos dela, também denominados “Love”. “A minha filha não tinha problema nenhum. Ela conheceu essa mulher numa dança de rua chamada swingueira, na rua 7. Aí a minha filha começou a cheirar loló e fugiu. Os vizinhos dizem que sempre vêem ela ‘se vendendo’ nas ruas do bairro e em uma lan house, onde ela fica marcando encontro pela internet“, disse Regina, aos prantos.

Regina tentou ligar para os celulares da filha e dos amigos, sem sucesso. “Quando a gente liga, a mulher atende e desliga na nossa cara”, disse. Sem saber o que fazer para resgatar a menina, ela já denunciou o caso à Delegacia Especializada na Proteção à Crianças e Adolescentes (Deapca).

A mãe suspeita que Débora e os ‘irmãos Love’ formam uma quadrilha que alicia menores para prostituição. “Minha filha não foi a primeira. Outras meninas já se envolveram com esse pessoal”, disse.