Publicidade
Cotidiano
Notícias

Mais de 2,8 milhões de estudantes já conferiram notas no Enem até a manhã deste sábado

Com a nota do Enem, os estudantes podem concorrer a uma das 129,2 mil vagas oferecidas nas universidades e nos institutos federais de ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). 30/12/2012 às 16:00
Show 1
Mais de 587 mil estudantes de universidades de todo o País participariam do Enade 2012
Renata Giraldi /Agência Brasil Brasília

Mais de 2,8 milhões de estudantes acessaram suas notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2012, no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), até as 9h30 da manhã deste sábado  (29). Com a nota do Enem, os estudantes podem concorrer a uma das 129,2 mil vagas oferecidas nas universidades e nos institutos federais de ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O período de inscrições vai de 7 a 11 de janeiro de 2013, exclusivamente pela internet

O aluno interessado em fazer uma consulta às vagas oferecidas pelo Sisu também pode entrar no portal da  Empresa Brasil de Comunicação (EBC). No sistema é possível checar as vagas oferecidas por estado, instituição ou curso.

Além das vagas em instituições públicas, os candidatos podem usar a nota no Enem para concorrer a bolsas do Programa Universidade para Todos (Prouni), a financiamentos do Programa de Financiamento Estudantil (Fies), além de obter a certificação do ensino médio. Para isso, o inscrito na prova precisa obter nota mínima de 450 pontos em cada uma das áreas do conhecimento e 500 pontos na redação.

Ontem (28), no período entre 13h e 13h30,  houve sobrecarga do sistema e a página foi retirada do ar para manutenção. Na manhã de hoje, segundo o Inep, não foi registrado nenhum problema de acesso ao site.

O Inep - autarquia responsável pela aplicação do Enem - colocou à disposição o manual Entenda Sua Nota no Enem. O guia informa como é feito o cálculo e a composição das notas, conforme a metodologia de correção das questões objetivas, a Teoria de Resposta ao Item. Segundo o manual, “a teoria considera para o cálculo da nota a consistência da resposta segundo o grau de dificuldade de cada questão”.