Publicidade
Cotidiano
Notícias

Manaus é a quarta cidade mais cara para se viver, diz estudo

O estudo leva em consideração o custo de itens como alimentação, moradia, transporte, lazer e cultura, educação e hotelaria 20/06/2012 às 08:09
Show 1
Preço dos produtos da cesta básica é um indicador do custo de vida local
acritica.com Manaus (AM)

Manaus é a quarta capital brasileira com maior custo para se viver, ficando atrás de Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília. O levantamento foi compilado por site especializado no assunto (www.custodevida.com.br), criado pelo estudante de 24 anos de Belo Horizonte, Lucas Franco e que recebe colaboração de Internautas de todo o Brasil. O estudo leva em consideração o custo de itens como alimentação, moradia, transporte, lazer e cultura, educação e hotelaria.

Segundo o site, Manaus apresenta nota 6,4 no quesito custo de vida, enquanto o Rio de Janeiro fica com 10, São Paulo com 9,4 e Brasília é classificada com nota 7,9%.

Para se ter uma ideia, um almoço dos mais baratos na capital amazonense, por exemplo, está custando aproximadamente R$ 8,22 e o mais caro, em torno de R$ 40,07. Quanto ao aluguel, quem mora em Manaus, paga R$ 1.051,79 por uma quitinete em região nobre da cidade e R$ 1.833,82 por um apartamento de dois quartos.

Na primeira posição do ranking está a cidade do Rio de Janeiro, com nota 10 em termos de custo de vida. O aluguel do imóvel mencionado sai por R$ 2.605,06 por lá, um almoço  em um restaurante simples sai por R$ 13,28.

Em São Paulo, o mesmo almoço em ‘restaurante barato’ sai por R$ 13,67, enquanto o mesmo item em Salvador custa R$ 11,90 e R$ 6,82 em Fortaleza. Passando para moradia, em São Paulo, o aluguel de um apartamento de dois quartos (em uma região cara) sai por R$ 2.243,26, enquanto em Salvador sai por R$ 1.259,17, também localizado em uma região cara da capital baiana. Já em Fortaleza por esse aluguel é cobrado R$ 1.222,89.

As últimas posições como cidades mais baratas para se viver são de Teresina (PI), Boa Vista (RR) e Rio Branco (AC).