Publicidade
Cotidiano
Política, Ministério da Cultura, Marta Suplicy, Dilma Rousseff, Ana de Holanda

Marta Suplicy toma posse e defende legado de Lula

"Estou muito orgulhosa pela possibilidade de participar mais de perto de um governo que ajudei a eleger e realizar um trabalho em uma área com a qual me identifico muito", disse a petista, durante a cerimônia de posse  13/09/2012 às 20:20
Show 1
Presidenta Dilma Rousseff cumprimenta a nova ministra da Cultura, Marta Suplicy, durante a cerimônia de posse
Agência Brasil Brasília

Ao tomar posse nesta quinta-feira (13) como ministra da Cultura, a senadora Marta Suplicy (PT-SP) disse que pretende trabalhar para o fortalecimento da produção nacional e pela recuperação do patrimônio cultural do país.

"Não podemos aceitar a lógica devastadora do mercado e a pasteurização do mercado. Devemos incentivar nossa participação internacional e esse será um outro desafio", discursou Marta.

A nova ministra da Cultura ressaltou a boa relação que mantém com a presidenta Dilma Rousseff. Ela destacou a importância do legado deixado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no setor.

"Estou muito orgulhosa pela possibilidade de participar mais de perto de um governo que ajudei a eleger e realizar um trabalho em uma área com a qual me identifico muito", disse a petista

De saída da pasta, a ex-ministra Ana de Hollanda ressaltou suas conquistas em quase dois anos de trabalho e disse que sua sucessora tem as condições de dar continuidade ao trabalho.

Segundo ela, o país precisa dar continuidade, principalmente, no fortalecimento das políticas de direito autoral.

Ao tomar posse nestaquinta-feira (13) como ministra da Cultura, a senadora Marta Suplicy (PT-SP)disse que pretende trabalhar para o fortalecimento da produção nacional e pelarecuperação do patrimônio cultural do país.

"Não podemos aceitar alógica devastadora do mercado e a pasteurização do mercado. Devemos incentivarnossa participação internacional e esse será um outro desafio", discursouMarta.

A nova ministra da Culturaressaltou a boa relação que mantém com a presidenta Dilma Rousseff. Eladestacou a importância do legado deixado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula daSilva no setor.

"Estou muito orgulhosapela possibilidade de participar mais de perto de um governo que ajudei aeleger e realizar um trabalho em uma área com a qual me identifico muito",disse a petista

De saída da pasta, aex-ministra Ana de Hollanda ressaltou suas conquistas em quase dois anos detrabalho e disse que sua sucessora tem as condições de dar continuidade aotrabalho.

Segundo ela, o país precisadar continuidade, principalmente, no fortalecimento das políticas de direitoautoral.

<!-- /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Tabela normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-qformat:yes; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin-top:0cm; mso-para-margin-right:0cm; mso-para-margin-bottom:10.0pt; mso-para-margin-left:0cm; line-height:115%; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:"Calibri","sans-serif"; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin; mso-fareast-language:EN-US;}-->