Publicidade
Cotidiano
Notícias

Mdic e a Apex-Brasil criam ferramenta que facilita as informações sobre mercados

A ferramenta virtual faz parte do Plano Nacional de Exportações busca identificar e definir mercados prioritários para as exportações brasileiras, assim como encontrar oportunidades setoriais para diversificação da pauta exportadora 18/07/2015 às 16:16
Show 1
De acordo com a Apex-Brasil, a pequena e média empresa que consultar o mapa, terá acesso à informações de 32 mercados ao redor do mundo
Juliana Geraldo Manaus (AM)

Os empreendedores interessados em exportar seus produtos e serviços ganharam uma ferramenta que promete facilitar a empreitada de expansão de mercado pelo mundo.

Trata-se do Mapa Estratégico de Mercados e Oportunidades Comerciais criado em conjunto pelo Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior (Mdic) e pela Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

A ferramenta virtual faz parte do Plano Nacional de Exportações busca identificar e definir mercados prioritários para as exportações brasileiras, assim como encontrar oportunidades setoriais para diversificação da pauta exportadora.

“A ferramenta é fundamental para que as empresas brasileiras aumentem a presença nos mercados selecionados no Plano. Este mapa permite que as empresas que já exportam, ou que pretendem acessar mercados externos, disponham de dados para planejar e executar sua atividade exportadora”, avaliou o titular do Mdic, Armando Monteiro.

Funcionamento

De acordo com a Apex-Brasil, a pequena e média empresa que consultar o mapa, terá acesso à informações de 32 mercados ao redor do mundo. Ao digitar o produto ou serviço que deseja consultar, o empreendedor tem como saber, por exemplo, em quais regiões há demanda para seu negócio e qual o nível de importação deste produto ou serviço para o País.

“O empresário precisa enxergar o mapeamento online como um primeiro passo rumo à comercialização de seus produtos no exterior”, afirma o presidente da Apex-Brasil, David Barioni.

Amazonas 

Além do mapa disponibilizado, em breve, o empresário amazonense terá ainda o reforço de duas outras ferramentas. De acordo com o gerente executivo do Centro da Internacional de Negócios (CIN/ Fieam), Marcelo Lima, dois produtos desenvolvidos em convênio com a Apex estão em fase de finalização.

“Será algo mais exclusivo para o empresário amazonense. Ele vai poder saber, por exemplo, quem são os seus importadores em potencial, qual a demanda e as barreiras comerciais”, detalha.

O primeiro é o Euromonitor, uma ferramenta de inteligência comercial que vai disponibilizar estudos com informações aprofundadas sobre os mercados da América Latina ao empresário local.

O segundo é o Enterprise European Network (EEN), uma rede social nos moldes do Facebook que quer colocar as empresas amazonenses numa espécie de vitrine virtual.

“Por enquanto, para ter acesso às ferramentas, os interessados devem entrar em contato com o CIN pelo telefone 3186-6511”, avisa Lima.