Publicidade
Cotidiano
Notícias

MEC pede que a Polícia Federal investique boatos sobre cancelamento do Enem

Segundo o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, as provas já estão nos pontos estratégicos para serem distribuídas aos locais onde serão aplicadas “com  total segurança”. Provas serão realizadas nos dias 3 e 4 de novembro 26/10/2012 às 16:01
Show 1
Enem é hoje a principal alternativa de acesso ao ensino superior no país e em 2012 suas avaliações serão aplicadas nos dias 3 e 4 de novembro para mais de 6,4 milhões de pessoas.
Heloisa Cristaldo*/ Agência Brasil ---

O Ministério da Educação (MEC) pediu que a  Polícia Federal investigue os boatos que circularam na quinta-feira (25) nas redes sociais de que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano teria sido cancelado. A pasta confirmou a realização das provas nos dias 3 e 4 de novembro.

Segundo o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, as provas já estão nos pontos estratégicos para serem distribuídas aos locais onde serão aplicadas “com total segurança”. Mercadante detalhou que o esquema de segurança em torno do transporte e da distribuição das provas conta com 72 batalhões do Exército, agentes da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Militar.

Ontem, uma reportagem publicada em 2009 pelo jornal O Globo, que noticiava o cancelamento das provas do Enem naquele ano, voltou a circular na rede via Facebook, aparecendo na listas de matérias mais lidas da rede social no site do jornal. A notícia se espalhou nas redes sociais, gerando inclusive uma sobrecarga no volume de acessos ao site do MEC.

O Globo emitiu nota de esclarecimento afirmando que o Enem 2012 não foi cancelado e que está tomando providências junto aos administradores da rede social para que a reportagem de 2009 não seja usada indevidamente.

*Colaborou Yara Aquino