Publicidade
Cotidiano
Notícias

Mercado de trabalho sofre para contratar profissionais bilíngues

Escolas de idiomas oferecem cursos "milagrosos", mas alunos não aprendem inglês e espanhol corretamente. Estrutura de qualidade e material didático adequado são fundamentais para o real domínio de novas línguas. 20/09/2012 às 19:54
Show 1
Mercado não encontra profissionais bilingues competentes
acritica.com Manaus (AM)

Com o mercado de trabalho cada vez mais aquecido, apresentando índices de emprego estáveis, segundo pesquisas do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Econômicos (Dieese), os empregadores têm se deparado com uma grande dificuldade: contratar profissionais qualificados, com diferenciais em seus currículos que os tornem candidatos aptos às vagas em questão. Uma das principais reclamações de setores de recursos humanos é a falta de profissionais bilíngues no mercado.

O investimento em ensino vem subindo de uns anos para cá. Dados da FIA (Fundação Instituto de Administração) revelam que o gasto com educação na classe C, por exemplo, subiu de 8% a 10% do orçamento para 15% a 17% entre 2009 e 2010.

Mesmo assim, quatro em cada cinco pessoas nessa faixa social ainda não sabem falar inglês ou outro idioma estrangeiro. Logo, na prática, muita vezes o domínio das línguas não é aquele que se "vende" no currículo.

No Brasil, grande parte da população está matriculada em escolas de idiomas que oferecem todo tipo de método de ensino, dos cursos rápidos que prometem milagres em poucos meses aos de longa duração. Observando-se o cenário atual e a falta de profissionais com inglês e espanhol efetivamente fluentes, conclui-se que, mesmo com tantos cursos, talvez os brasileiros ainda não estejam estudando corretamente.

Segundo João Tomazeli, diretor-geral da rede de escolas de idiomas Achieve Languages, o que falta a essas pessoas é um ensino adequado, com material didático de qualidade e acompanhamento especializado. "Não basta matricular-se em uma escola que ofereça milagres, como 'inglês em seis meses'. O aprendizado deve ser contínuo e acompanhado de estrutura e material corretos", completa.