Publicidade
Cotidiano
Notícias

Michel Carvalho está de volta ao Fast (AM)

O meia atacante vai disputar o Campeonato Amazonense de Futebol pelo Tricolor de Aço 05/01/2012 às 08:57
Show 1
Fernandes e Michel só pensam em ser campeões pelo Tricolor de Manaus
Nathália Silveira Manaus

Queridinho da torcida fastiana na Série C do Campeonato Brasileiro de 2008, o meia atacante Michel Carvalho está de volta  ao Tricolor de Aço para disputar o Amazonense de 2012. A história de Michel no time Tricolor começou em 2004, quando o jogador deixou o futebol parintinense.

De lá pra cá, o meia já defendeu a camisa do Grêmio Coariense, onde foi campeão em 2005 e ajudou o São Raimundo do Pará a conquistar a Série D do Brasileirão em 2009. Depois ele retornou ao Fast para disputar a Copa do Brasil, em 2011.

Após o primeiro semestre, Michel deixou o Rolo Compressor para atuar pelo Castanhal de Belém no Campeonato Paraense. E já que “o bom filho a casa torna”, Michel garante trazer, na bagagem, o título tão aguardado para o Rolo Compressor.

“Eu recusei uma proposta para jogar na Paraíba, pelo Campinense. Estou muito feliz por estar no time em que iniciei a minha carreira”, disse o jogador.

Além de Michel, o zagueiro Robert Fernandes, ex- Penarol, também “entra em campo” para reforçar a equipe Tricolor.

“A diretoria conhece meu trabalho, fez o convite e ficou mais fácil vir para o time. Já realizamos dois treinos e com isso espero afinar com os demais. Estou trabalhando para obter a minha melhor forma física”, considerou Fernandes, que está longe dos gramados há quatro meses devido a uma fratura no pé direito que sofreu na terceira rodada do segundo turno do Amazonense do ano passado, atuando pelo Penarol.

Após meses de “escanteio”, o zagueiro explica que investiu em fisioterapia  e está novo em folha para a temporada com o Fast. “Este ano sou um novo Robert”, afirma.

O técnico do Fast, Paulo Morgado, explica que tanto Michel quanto Fernandes devem fazer treinos extras até a largada do Amazonense, dia 28 de janeiro, na estreia contra o Operário.

Michel, meia-atacante do Fast 

1  Além do salário, o que mais motivou você no Fast?
O Fast é um dos motivos, tenho grandes amigos aqui, foi meu primeiro clube e serei pai. A minha esposa está em Parintins, mas logo deve vir a Manaus e assim vai ficar mais fácil de eu acompanhar a gravidez. Só falta decidir onde ele vai nascer.

2 Você já conseguiu participar de dois treinos. Como está o entrosamento com a nova  equipe do Fast?
Estou conhecendo o grupo agora, nesses primeiros dias. Preciso melhorar a parte física primeiro, para poder evoluir na parte técnica. Mas isso é questão de tempo.

3 Você já acompanhava o trabalho do técnico português Paulo Morgado?
Eu acompanhava o professor Morgado desde que ele assumiu o Rio Negro. Ele está trabalhando para armar um time compactado. Acho que está completamente certo e vamos lutar para ter uma equipe alinhada.