Publicidade
Cotidiano
Assalto, sequestro, violência urbana, Parque 10, segurança

Moradores e comerciantes do Pq. 10 pedem segurança

Assaltos frequentes, sequestro e a ausência de policiamento levaram moradores do parque 10 a protestar exigindo mais segurança para o bairro 19/05/2012 às 15:57
Show 1
Poucas pessoas compareceram à mobilização e comandante do Policiamento Metropolitano considerou ato político
acritica.com Manaus

Comerciantes do bairro Parque 10, Zona Centro-Sul, realizaram uma mobilização na tarde de ontem, na avenida Perimetral, reivindicando mais segurança para o bairro. Segundo os moradores, assaltos e sequestros relâmpagos tem acontecido diariamente na área.

De acordo com o empresário Lindemberg Alves Feitosa, 32, a onda de assaltos tem assustado todos os comerciantes. “Vivemos com medo, porque até para denunciar é difícil. Eles prometem voltar para matar. Eu fui assaltado há duas semanas e até agora nada foi feito, fiquei apenas no prejuízo”, afirmou.

Segundo o morador da rua 30 do conjunto Castelo Branco, Sandro Frota, a manifestação foi um desabafo de toda a comunidade do bairro, que não suporta mais conviver com a insegurança. “Diariamente somos alvos de assaltos e roubos de carros. Estamos fazendo esse ato para alertar aos órgãos de segurança sobre o problema que estamos enfrentando”, disse.

 A falta de policiamento na área também é uma das reivindicações dos moradores. Segundo a comerciante Elizabeth Soares Raposo, a única alternativa é recorrer a equipamentos de segurança. “Eu tive que instalar câmeras de segurança em minha loja e até contratar um segurança, porque a polícia raramente nos ajuda. Fui assaltada duas vezes e em todas as ocasiões a polícia demorou a chegar”, afimou.

De acordo com o comandante do Policiamento Metropolitano de Manaus, tenente coronel Andrade Souza, a manifestação não tem representatividade, visto que poucas pessoas compareceram. “Constatamos que esse ato tem interesses políticos. Nós vamos continuar com o trabalho que já desenvolvemos, que é atuar junto à comunidade”, pontuou. O comandante ainda enfatizou que será implantado, em junho deste ano, o programa “Ronda no Bairro” na área. “Além disso será inaugurada uma delegacia para atender especificamente os bairros Parque 10 e Flores, que será o 23º Distrito Integrado de Polícia (DIP)”, concluiu.