Publicidade
Cotidiano
Notícias

Mortes no trânsito podem chegar a mais de 50 mil no país em 2014

Os números  são projeções do Instituto Avante Brasil que divulga pesquisa inédita onde cita que pode haver mais de 5 mil óbitos por acidentes de trânsito com os eventos em torno da Copa 31/12/2012 às 16:41
Show 1
Um dos acidentes de trânsito, em Manaus, em 2012
acritica.com* ---

Em 2014, o país computará 50.241 mortes no trânsito, sem contar com o evento da Copa do Mundo. A informação é do Instituto Avante Brasil que divulga pesquisa inédita sobre a violência no trânsito  e  faz uma estimativa de que  o número de mortes em acidentes de trânsito durante a Copa, pode chegar a 5.148 óbitos.

O Instituto em sua pesquisa, “Mortalidade no Trânsito, 31 anos de Mortes no Brasil,  1980-2010”, explica que nestes anos houve um crescimento de 115% no número de mortes.  Com crescimento de 33 na taxa de mortes por 100 mil habitantes.  A média de crescimento anual de homicídios para este períodos foi de 2,81%.

Nos últimos 10 anos ( de 2001 a 2010),  houve um crescimento de 40,3% no número de mortes. E um crescimento de 26,6% na taxa de mortes por 100 habitantes. Neste período a média de crescimento anual de homicídios é de 4,06%.

Para a década de 2001 a 2010, o instituto calculou a média de crescimento anual de mortes no trânsito com base oficiais nos dados do Datasus, de 4,06%.

Para as projeções das mortes que podem ocorrer em 2014, o instituto se baseou nesta média da década (2001 a 2010), de 4,06%, por nossa realidade socioeconômica brasileira estar mais próxima deste período.

De acordo com a pesquisa, por meio de estimativa de cálculos “é possível tentar prever o número de mortes no trânsito causadas pelo aumento do tráfego durante a Copa do Mundo.  Em copas passadas, Alemanha (2006) e Africa do Sul (2010) houve um aumento de aproximadamente 30% no tráfego rodoviário durante a duração da copa do mundo (30 dias). Durante o Carnaval, a Polícia Rodoviária Federal estima que o tráfego rodoviário aumenta em torno de 40%.”

Ainda segundo a pesquisa “ Estimativas baseadas em dados do Instituto “Road Safety’ da África do Sul,  apontaram que as obras de melhoria viárias executadas especificamente para a Copa do Mundo de 2010 causaram um aumento de 20% nos acidentes de trânsito, durante o período em que estavam sendo realizadas.

Segundo o Instituto Avante Brasil,  “ Se extraporlarmos esta informação para a realidade brasileira e imaginarmos que , por causa dos grandes atrasos atuais nas obras de infraestrutura, a Copa do Mundo de 2014 acontecerá em um imenso “canteiro de Obras, podemos chegar na aterrorizante cifra de 5. 148 mortes em acidentes de trânsito durante a Copa”.

Projeções de 2012

Com esta média de 4,06% de crescimento anual de mortes, o instituto  informa ainda que foi possível traçar a projeção de mortes até o ano de 2050. O levantamento é feito com cada dado  calculado com base no ano anterior, acrescido da média de crescimento anual. “ Portanto, para 2012 temos a estimativa de 46.395 homicídios”.

Cálculo do Delitômetro

O instituto informa ainda que as projeções explicadas anteriormente serve como base ao delitômetro. Ao ter suas páginas carregadas os  contadores do delitômetros mostram o número de pessoas que foram mortas no trânsito até aquele momento e que o cálculo é feito da seguinte forma: Soma das mortes anuais de 1980 até 2011 mais as  mortes de 2012 que ocorreram até o momento da abertura da página.

“ A conta de quantas pessoas morreram até o momento em 2012 é feita com base na estimativa de mortes totais para o ano de 2012. Por exemplo: em 2012 estimamos que morrerão 46.395 pessoas assassinadas. Isso é equivalente a dizer : 3. 866 mortes por mês; 127 mortes por dia; 5 mortes por hora ou de acordo com dado que o contador usa para atualizar os números, uma pessoa morre a cada 681.591 milisegundos (11 minutos e 21 segundos)”.