Publicidade
Cotidiano
Notícias

MP investiga irregularidades em movelarias, marcenarias e matadouro no interior

O Ministério Público do Amazonas está investigando suspeitas de crimes ambientais, falta de higiene e danos ao consumidor. 03/09/2012 às 17:49
Show 1
Ministério Público Estadual investia marcenaria, movelaria e matadouro no municipio de Itapiranga
acritica.com Manaus (AM)

Após atuar em diversos procedimentos por crimes ambientais relacionados à retirada, transporte e armazenamento de madeira sem licenciamento ambiental, a Promotoria de Justiça do município de Itapiranga, no interior do Amazonas, a 227 quilômetros de Manaus, instaurou no dia 09 de agosto oito inquéritos civis para apurar possíveis irregularidades em movelarias e marcenarias da região, suspeitas de não possuírem licenciamento dos órgãos ambientais competentes.

Outro inquérito civil também foi instaurado pela Comarca de Itapiranga no mesmo dia para investigar o matadouro público municipal, que estaria prestando serviços irregulares.

"Há indícios de falta de higiene no local pela destinação indevida dos resíduos oriundos dos abates, o que pode refletir em danos à saúde da população da cidade e ao meio ambiente", disse a Promotora Helen Queiroz, titular da Comarca.

Segundo a Promotora, os inquéritos civis só foram instaurados após a solicitação de informações ao Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas (Ipaam) e a realização de vistorias nos locais.

Os nove inquéritos estão em estágio inicial, em fase de solicitação de informações a órgãos especializados como Secretarias de Meio Ambiente e de Saúde, bem como o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (IDAM).