Publicidade
Cotidiano
Notícias

Mulher é presa por Policiais Civis após esfaquear seu companheiro

Maria Maués é acusada de esfaquear o próprio namorado no último domingo (7), ele não resistiu aos ferimentos e faleceu no Hospital Platão Araújo. A acusada deu várias versões para o acontecido até confessar o fato. 08/10/2012 às 15:27
Show 1
Maira Maués está presa por homicídio
acritica.com Manaus (AM)

A operação coordenada pelo Delegado de Polícia Civil da Delegacia Especializada em Homicídios e Seqüestros (DEHS), Divanilson Cavalcanti, resultou na prisão de Maria Maués de Almeida Moreira, 27 anos. Ela foi presa por volta das 10h de domingo (7), no Hospital Platão Araújo, suspeita de esfaquear o companheiro, Daniel Canto Souza, 22.

O crime foi na madrugada deste domingo, por volta das 4h30, na Travessa Curica, na comunidade conhecida como “Portelinha”, bairro São José 2, Zona Leste. De acordo com testemunhas, momentos antes do crime o casal consumia bebida alcoólica próximo à casa deles, quando começaram a se desentender.

Em casa, os vizinhos ouviram a discussão dos dois e as agressões físicas. Momentos depois, segundo relatam, Daniel saiu de casa com o ferimento no lado esquerdo do abdome, supostamente provocado pela facada desferida por Maria. Ele foi levado às pressas para o Hospital Dr. Platão de Araújo, acompanhado por Maria, mas não resistiu aos ferimentos.

Após denúncias, policiais militares conseguiram prender a acusada, ainda na unidade de saúde e a encaminharam à DEHS. Em depoimento, a acusada contou várias versões sobre o fato, entre elas a de que a vítima havia “se autolesionado para incriminá-la” e a de que “dois homens desconhecidos haviam entrado na residência e acertado seu companheiro”.

Noi entanto, Maria Maués não apresenta ferimentos e resolveu confessar a autoria do crime, alegando legítima defesa. A acusada será enquadrada pelo crime de Homicídio Qualificado por motivo fútil e será conduzida à cadeia pública.