Publicidade
Cotidiano
Notícias

Navarro diz acabará com relação promíscua entre Câmara e Prefeitura

O candidato disse que vai acabar com o que chamou de “acertos de contas por debaixo do pano” de vereadores e prefeito e extinguir a máxima do prefeito executar e legislar ao mesmo tempo. 17/07/2012 às 18:34
Show 1
Navarro apostas nas antigas propostas e quer mudar a relação entre os poderes municipais
acritica.com ---

Em sua entrevista no Ponto Critico desta terça-feira, 17 o candidato à Prefeitura de Manaus pelo PCB, Luiz Navarro, 70, disse que vai mudar a relação “promíscua” que sempre  existiu entre os vereadores e o Prefeito da cidade, de, logo após a posse, o administrador chamar os legisladores para “um  acerto por debaixo dos panos”         

Assim como no Estado, onde diz haver denúncias de pagamento mensal ( que denominou como o Mensalão) nas prefeituras disse que "devem existir os ‘Mensalinhos”.

Dentro desse esquema afirma que a população fica indefesa,pois  não consegue ver os vereadores como pessoas capazes de obrigar o prefeito a cumprir a legislação e executar os projetos que são aprovados na Câmara Municipal de Manaus.

 “Sai e entra governo e o que vemos é a população abandonada”, disse.  

 Propostas antigas estão de volta também

Igual a outros concorrentes, Navarro que reafirmar algumas propostas de campanhas passadas, que diz ser fundamentais para a cidade sair do caos. Disse que para tirar Manaus dos piores índices aprendizado na educação básica  irá reunir com os professores e pagar de imediato para a categoria três salários mínimos mais um reajuste de 50%, conforme constava na Lei Orgânica do Município de Manaus. “O prefeito viu eu atacando e na calada da noite retirou esse índice”, detalha   

Para resolver o problemas de transporte coletivo retomará o tema Transporte Coletivo Hidroviário (TCH). O cidadão manauense andaria em embarcações velozes que trafegariam no seguinte trajeto: Zona Leste, Distrito Industrial e Porto de Manaus e da Zona Oeste ao Porto e ao Distrito Industrial.       

O candidato falou também sobre  a relação que Manaus terá com os municípios que compõem com ela, a Região Metropolitana de Manaus (Iranduba, Careiro da Várzea, Rio Preto da Eva, Manacapuru, Novo Airão, Presidente Figueiredo e Itacoatioara): “Será uma relação de integração, cultural, de produção, com trocas de profissionais e de experiências”.

Para a população indígena que reside em Manaus disse que irá criar um Conselho Indígena para discutir soluções aos problemas deste segmento nas áreas da educação, saúde, moradia e bem-estar.

Vai também reunir para debater os problemas de acessibilidades das pessoas portadoras de deficiências físicas, nas vias urbanas, em instituições e nos logradouros.


Mais detalhes da entrevista de Navarro no vídeo do Portal acrítica.com