Publicidade
Cotidiano
Internet

Nem Dilma, nem Temer, internautas querem o bruxo Dumbledore como presidente

Na série de best sellers Harry Potter, Dumbledore conseguiu dirigir a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts em meio a uma crise instaurada pelo vilão Voldemort 12/05/2016 às 18:52
Show my top 10 favorite lgbt characters 483666
(Foto: Reprodução/Internet)
Mariana Tokarnia - Agência Brasil

Entre o discurso de despedida da presidenta afastada Dilma Rousseff e a posse do presidente interino, Michel Temer, surgiu nas redes sociais um novo nome para disputar a faixa presidencial brasileira: o bruxo Dumbledore.

Trata-se de um personagem da série de best sellers Harry Potter, da autora britânica J. K. Rowling. A hashtag #DumbledorePresidente estava entre as mais comentadas do Twitter no começo da tarde desta quinta-feira (12).

Para os internautas que estão usando a hashtag, se Dumbledore conseguiu dirigir a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts em meio a uma crise instaurada pelo vilão Voldemort (capaz de matar com um movimento de varinha), certamente conseguirá tirar o Brasil da crise política e econômica. “Pela minha família, pelos meus amigos, pelas cartas de Hogwarts que ainda não chegaram; MEU VOTO É SIM! #DumbledorePresidente”, postou um usuário da rede social.

Em outro post, uma usuária escreveu: “Por um país com menos eleitores trouxas que somos nós no caso #DumbledorePresidente”. Nos livros da série, todos aqueles que não são bruxos são chamados de trouxas.

Temer e críticas ao PT

Temer também entrou na lista de assuntos mais comentados no Twitter, com mais de 300 mil citações em português e em outros idiomas. Além das notícias que tratam do governo interino, como a escolha dos novos ministros, Temer é aclamado e odiado.

Entre as críticas, internautas apontam a falta de diversidade na equipe ministerial, formada apenas por homens. “O governo Temer não tem mulher, não tem negro, não tem gay. Acho que o Brasil todo é feito de homem brancos, héteros e acima de 40 anos", escreveu um usuário da rede social.

Também há muita comemoração pela saída de Dilma do governo e críticas ao PT. A hashtag #TchauQuerida, por exemplo, também apareceu entre os assuntos mais comentados nesta tarde.