Publicidade
Cotidiano
Notícias

No Amazonas, varejo amarga pior resultado do ano

Em agosto, segundo dados do IBGE, o comércio amazonense registrou alta de apenas 0,8% 12/10/2012 às 11:12
Show 1
A média mensal da taxa de inadimplência em Manaus é de 3,5% frente aos meses de 2011. Enquanto que a média nacional é de 5,7%
A Crítica Manaus (AM)

Embora tenha anotado um acréscimo no volume de vendas em agosto, o comércio varejista registrou o pior desempenho do ano. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o setor contabilizou alta de apenas 0,8% em relação a igual período de 2011, a menor em todo o País.

O disseminador de informações do Instituto no Amazonas, Adjalma Nogueira, destacou que “os números já não eram bons nos meses anteriores, mas pioraram sensivelmente em agosto”. Com base na mesma forma de comparação, em julho, houve alta de 5,8%, e em junho, de 7,8%.

Nogueira afirmou que esta variação fez com que o acumulado do comércio no ano ficasse em 6,1%, abaixo do nível nacional (9%). Ele analisou que o resultado reflete a conjuntura econômica atual, onde muitas pessoas estão com sua capacidade de crédito comprometida e consumindo apenas o básico.

Conforme a pesquisa, a queda do volume de vendas puxou para baixo a receita nominal do comércio, em comparação a do anterior. Se em julho o índice estava em 8,9%, em agosto caiu para 5%, o pior desempenho apresentado dentre todas as unidades federativas.