Publicidade
Cotidiano
Notícias

No interior do Amazonas, capitão da PM guarda motos apreendidas em casa

Comandante da PM no município de Lábrea guarda motocicletas apreendidas em sua casa com o consentimento de autoridades. O fato ocorre por falta de espaço físico para colocar os veículos 03/09/2012 às 18:55
Show 1
Motos apreendidas em blitzes são guardadas na casa do Capitão da PM de Lábrea
Bruno Strahm Manaus (AM)

Motocicletas apreendidas em diversas blitzes realizadas no município de Lábrea, interior do Amazonas, a 702 quilômetros de Manaus, estão sendo alocadas na casa ocupada pelo comandante da Polícia Militar da cidade, o Capitão Morrilas. Conforme a foto recebida pela reportagem do Portal acrítica.com, que mostra soldados da PM descarregando motos da caçamba de uma caminhonete para serem guardadas na casa do oficial.

O motivo é que Lábrea não possui um lugar adequado para o depósito dos veículos, e a delegacia da cidade, onde as motos apreendidas eram postas anteriormente, não permite abrigar as mesmas no local.

“Quando os donos vão buscar suas motos na delegacia, elas sempre vem com alguma parte faltando, peças ou acessórios. Para evitar este constrangimento o delegado Bruno, não permite mais elas serem guardadas lá”, comentou o Capitão Morrilas em conversa por telefone.

A curiosa solução para o entrevero foi selar um acordo de ajustamento de conduta entre a PM, a delegacia, os representantes do Detran na cidade, o juiz e o promotor de Lábrea, para permitir que as blitzes na cidade continuassem ocorrendo sem ter problema com falta de espaço para os veículos apreendidos

“A casa que moro pertence à prefeitura, a mais ou menos um mês nós chegamos a este termo e as motos são colocadas todas lá, com total proteção. Agora elas são devolvidas inteiras para seus proprietários quando eles vão buscá-las”, afirmou o Capitão.

Segundo Morrilas, a fiscalização constante é necessária porque motocicletas são um meio de transporte comum no interior do Estado, além disso, o município acabou de passar por um periodo de festividades, o que aumenta o risco de acidentes por parte de motoristas alcoolizados.

A equipe do acritica.com tentou entrar em contato com o delegado de Lábrea pelo telefone (97) ****-7244, mas não obteve sucesso.