Publicidade
Cotidiano
Notícias

Novas despesas devem ser cinco vezes menores que a previsão de faturamento, afirma especialistas

Essa é uma das dicas que especialistas dão para micro e pequenos empresários do Amazonas passarem o ano de 2016 no 'azul' 24/01/2016 às 14:26
Show 1
Empresários devem procurar eliminar todos gastos que não estiverem ligados aos objetivos da empresa
Juliana Geraldo Manaus (AM)

Este ano de 2016 promete continuar repleto de desafios, em especial no campo da economia. Para os micro e pequenos empreendedores, por serem mais frágeis, o cuidado com as finanças devem ser redobrados em função da instabilidade financeira do País. Que tal, não esperar até o final do ano para colocar as contas em ordem?

Passar o ano “no azul”, com todos os débitos organizados e compromissos em dia pode facilitar a gestão do negócio, permitindo revisão de estratégias e definição das próximas ações da empresa. Para o CEO do escritório de contabilidade online Contabilizei, Vitor Torres, seguir alguns passos básicos pode ser essencial para um ano sem maiores dores de cabeça.

A primeira dica, segundo ele parece básica, mas às vezes é esquecida. “O empresário deve procurar eliminar todos gastos que não estiverem ligados aos objetivos da empresa. Já as despesas que são importantes para manutenção do negócio devem ser revisadas, renegociadas e a troca de fornecedores”, avaliada o executivo.

Com as despesas do ano revisadas, de acordo com Torres, os novos gastos programados devem ser, em média, cinco vezes menores que a previsão de faturamento. “É a regra do 5x. Por exemplo, para aumentar os custos em R$ 100, o empresário precisa aumentar o faturamento para R$ 500”, ensina.

Outro passo importante consiste em desenvolver alianças estratégicas. Em tempos de crise, conforme o especialista, o cliente busca ainda mais o melhor custo-benefício. “Verificar quais serviços e produtos são complementares e propor uma oferta diferenciada no mercado pode seu e proponha uma oferta diferenciada no mercado.

Vitor Torres recomenda também que o micro e pequeno empresário modernize suas operações com algumas das muitas tecnologias disponíveis que ajudam a economizar gastos com serviços obrigatórios. “Para passar o ano sem estresse, é bom avaliar possibilidades de softwares de CRM, gestão financeira e contabilidade online disponíveis na internet”, sugere.

Na web

A gerente de atendimento individual do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amazonas (Sebrae-AM), Ana Paula Rodrigues, também indica a internet como aliada do empresário. Uma boa dica para quem já tem o próprio negócio, segundo ela, é o site do marketUP (www.marketup.com.br). Nele é possível baixar um software gratuito de gestão. “Essa ferramenta é muito útil para controle de gastos, estoques, receitas, auxilia na emissão de documentos fiscais, entre outros fatores importantes do negócio”, ressalta. Outra dica é utilizar as redes sociais como formas mais econômicas para realização de pesquisas de mercado, , e de relacionamento.

Saiba mais

Especialistas recomendam renegociar dívidas com os seus credores, certificando-se de que haverá condições de honrar seus compromissos com a nova negociação. Caso contrário, perderá seu direito de negociar em momentos de aperto.