Publicidade
Cotidiano
Notícias

Nove candidatos à prefeitura de Manaus fazem o registro de suas candidaturas

Os noves pretensos candidatos deixaram para registrar suas candidaturas no prazo final. O pedido feito junto ao TRE-AM ainda não significa uma candidatura certa. Os documentos irão passar por avaliação para considerar o candidato apto ou não a entrar na disputa eleitoral 06/07/2012 às 00:40
Show 1
Candidatos tiveram até o início da noite desta quinta-feira (05) para registrarem candidatura
Camila Pereira Manaus

Os nove candidatos à prefeitura de Manaus entregaram a documentação e registraram suas candidaturas nesta quinta-feira (05), no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), localizado na Avenida André Araújo, Zona Centro-Sul de Manaus.

Alguns candidatos aguardavam posições de partido e documentação para finalizar o registro, por isso a procura foi maior durante a tarde desta quinta-feira (05). .

Até esta quinta-feira (04), apenas o nome de Serafim Corrêa (PSB) aparecia nos registros no site do Tribunal Superior de Justiça (TSE).

O ex-senador Artur Virgílio (PSDB) foi um dos primeiros a comparecer na tarde desta quinta. O vereador Hissa Abrahão (PPS), que está ao lado de Virgílio, como vice, contou que deixaram para o ultimo dia, porque estavam aguardando a posição do partido, principalmente do PV, para novas alianças. “É uma fase desgastante, exige exercício de paciência e articulação. Estou confiante e digo que foi mais organizado que há dois anos”, revelou.

Em seguida, compareceram Jerônimo Maranhão (PMN), deputado federal Henrique Oliveira (PR) e a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), que justificou a sua ida ao tribunal no último dia, porque seus documentos só ficaram prontos nesta manhã.

Durante entrevista, a senadora destacou que além do programa que teve de ser entregue para registro, ela disse que não irá se ater a ele.  “Durante a campanha irei ouvir muito as pessoas e discutir, porque esse programa poderá ser moldado”, disse.

Luiz Navarro (PCB) e o deputado federal Pauderney Avelino (DEM) foram os próximos. Segundo eles, as documentações estavam prontas e aguardando documentação dos integrantes da chapa proporcional. O democrata, diz que contará com a sua experiência, mesmo que pela primeira vez concorrendo a um cargo no executivo. “Tenho uma experiência de vida, desde que comecei como operário. A musculatura de vida é muito importante, além de cinco mandados como deputado federal”, defendeu.

Herbert Amazonas (PSTU), e Sabino Castelo Branco (PTB) foram os últimos a chegar. O petebista chegou dez minutos antes de terminar o prazo, acompanhado de sua família. Visivelmente ofegante e, até um pouco nervoso, disse que está confiante, já que esta é a quarta eleição que participa. “Estou tranquilo, não é a primeira eleição que participo”, declarou.

De acordo com ele, a sua campanha terá o orçamento de R$ 5 milhões. Já sobre o processo do TRE-AM, no qual poderia ser cassado, ele está tranquilo. “Há uma liminar suspendendo todos os atos”, informou.

Registros

Lembrando que o registro ainda não significa uma candidatura certa. Os documentos irão passar por avaliação para considerar o candidato como apto a concorrer o pleito. De acordo com o juiz do Pleito, Abraham Campos, o TRE tem até o dia 5 de agosto para julgar todos os pedidos que deram entrada nesta quinta e nos próximos cinco dias – para candidatos independentes que não tenham coligação. “Estimamos que mais de mil candidaturas sejam registradas. A partir das 15h desta sexta-feira (06) estarão disponíveis editais para divulgar quem são os candidatos que solicitaram. Só então, correrá o prazo para eventuais impugnações”, afirmou. O juiz disse ainda que futuramente, o tribunal cuidará da propaganda eleitoral, disciplinada pelo número de representantes nas casas legislativas.