Publicidade
Cotidiano
Notícias

Novo sistema QR Code permite acesso grátis a conteúdo exclusivo de A Crítica

Entenda como funciona o sistema e quais são os benefícios para os leitores do Jornal A Crítica e Portal acritica.com. Os leitores passam a ter acesso a um conteúdo mais amplo e de forma gratuita 11/01/2012 às 21:27
Show 1
A tecnologia "Bee Tagg" foi ampliada e várias plataformas poderão acessar, gratuitamente, os QR Codes da RCC
Acritica.com Manaus

Em busca de maior interatividade entre os veículos da rede, o jornal A Crítica alterou seu sistema de Bee Taggs para o uso de QR Codes (Quick Response, em inglês “Resposta Rápida”) próprios, ligados diretamente ao conteúdo do Acritica.com.

O diretor de TI do Jornal A Crítica, Raphael S’Antana, explica como funciona o uso dos QR Codes: “A usabilidade em relação aos Bee Taggs permanece a mesma. O leitor utiliza a máquina fotográfica do aparelho celular smartphone para ter acesso ao conteúdo exclusivo. A diferença é que agora os leitores terão um conteúdo mais amplo de forma gratuita”, conclui.

Confira os sites para download

Os leitores que tiverem Iphone podem baixar o aplicativo Neoreader pelo site da App Store.

Os usuários de BlackBerry podem realizar o download no site BlackBerry Magazine.

Os aparelhos Nokia (N82, N93, N93i, N95, N95 8GB, E66, E71 e E90 Classic) já possuem o programa  Nokia Barcode Reader ,que também pode ser adquirido pelo site Nokia Mobile Code

Os aparelhos da Motorola, Nokia, Samsung e Sony Ericsson podem utilizar o The Kaywa Reader, que pode ser adquirido no Uol Downloads