Publicidade
Cotidiano
Notícias

Número de jovens mortos em incêndio em Santa Maria sobe para 237

Internado no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Bruno Portella Fricks, 22 anos, teve a morte confirmada por volta das 22h dese sábado (2) 03/02/2013 às 14:11
Show 1
A partir de agora, as informações sobre o estado de saúde dos feridos ficarão concentradas na Secretaria de Saúde do município
Da Agência Brasil Brasília

O número de mortos no incêndio na Boate Kiss, Santa Maria (RS), subiu para 237. Internado no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Bruno Portella Fricks, 22 anos, teve a morte confirmada por volta das 22h dese sábado (2).

Bruno foi a terceira vítima do incêndio a morrer em hospitais do Rio Grande do Sul. O restante das vítimas morreu na hora do incêndio. De acordo com a Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul, 101 pacientes permanecem internados em cinco cidades gaúchas. A maior parte está em Porto Alegre, que concentra 50 pacientes, dos quais 30 em ventilação mecânica.

Há ainda 46 pacientes internados em Santa Maria (seis em ventilação mecânica), três em Canoas (dois em ventilação mecânica), um em Caxias do Sul e um em Ijuí, que estão sem ventilação.

De acordo com sobreviventes, o fogo foi provocado por artefatos pirotécnicos usados no palco da casa norturna durante apresentação da banda Gurizada Fandangueira. Em número de mortos, o incêndio na Boate Kiss foi o segundo pior da história do Brasil. Em 1961, um incêndio do Gran Circus Norte-Americano, em Niterói (RJ), resultou na morte de 500 pessoas.