Publicidade
Cotidiano
Notícias

Obra pública: Manaus terá novo terminal rodoviário

Após oficialização da transferência da gestão da rodoviária para o Governo do Estado, Omar Aziz anunciou desativação do local 28/12/2012 às 08:38
Show 1
O terminal rodoviário, que ficou 30 anos sob gestão da prefeitura, será entregue ao Estado com infraestrutura precária
Carolina Silva ---

Uma semana após a transferência da administração do Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim da Prefeitura de Manaus para o Estado ser publicada no Diário Oficial do Município (DOM), o governador Omar Aziz (PSD) afirmou nesta quinta-feira (27), que pretende desativar o local para que um novo terminal seja construído em outra área da cidade.

Um dos motivos, segundo o governador, é a localização do terminal rodoviário, em uma das vias que recebem grande fluxo de veículos, na avenida Mário Ypiranga Monteiro (antiga Recife), bairro de Flores, Zona Centro-Sul.

“Nós temos que tirar aquele terminal dali. O Estado vai ter que construir outro. Não vou entrar em detalhes, mas nós vamos ter que retirá-lo daquela área. Ali tem um posto de gasolina, um prédio antigo, e depois a rodoviária, que causam o estreitamento da via. Aquilo fica um pandemônio. Não dá mais pra conviver com aquilo ali. Não dá pra continuar, tendo aquele fluxo de veículos enorme e tendo engarrafamento. Temos que procurar outro local e fazer uma rodoviária decente”, declarou Omar Aziz em entrevista para A CRÍTICA.

Em nota, a Agência de Comunicação do Amazonas (Agecom) também informou que o governo, por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE), vai definir, no prazo de 90 dias, qual das secretarias estaduais ficará responsável pela administração do Terminal Rodoviário Huascar Angelim e estabelecer um plano de gestão para o espaço, com relação à oferta dos serviços públicos concedidos e a possíveis obras de recuperação e melhoria das instalações prediais.

Na semana passada, foi publicado no Diário Oficial do Município o decreto 2.050 de 18 de dezembro de 2012, oficializando a transferência da responsabilidade de gerir o local das mãos do município para o Governo do Estado a partir do dia 1º de março de 2013. Omar Aziz disse que o assunto, inclusive, já foi conversado em uma das reuniões com o prefeito eleito Arthur Neto (PSDB).

Inauguração e entrega

Inaugurado na década de 80 pelo governador José Lindoso, o terminal rodoviário era administrado há quase 30 anos pela Prefeitura de Manaus. Em média, 28 mil passageiros passam pela rodoviária somente para viagens intermunicipais, conforme a Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos do Estado do Amazonas (Arsam).

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).