Publicidade
Cotidiano
Notícias

Observatório indígena vai possibilitar a visualização de constelações

O Observatório que começou a ser instalado nesta semana abrigará também demonstrações sobre conhecimentos de meteorologia e gases de efeito estufa 06/09/2012 às 14:33
Show 1
Projeto abrigará também demonstrações sobre conhecimentos de meteorologia e gases de efeito estufa
acritica.com Manaus (AM)

O município de São Gabriel da Cachoeira (distante a 852 km de Manaus) vai receber o projeto "Observatório Solar Indígena" o qual permite a visualização do movimento aparente do Sol e de constelações de diversas etnias indígenas.

O Observatório que começou a ser instalado nesta semana. O projeto integra a programação do Museu da Amazônia (Musa) na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT).

De acordo com o astrônomo do Musa, Germano Afonso, no local haverá uma estação meteorológica convencional e uma micro-estação desenvolvida pela UEA em parceria com Centro de Ciência, Tecnologia e Inovação do Pólo Industrial de Manaus (CTPIM).

- Muitos estudos mostram que as reservas indígenas são o principal mecanismo de retenção de desflorestamento do país. Vamos ajudar a mostrar o impacto dessa preservação no clima local, sabendo que há implicações também para o clima regional e, possivelmente, para todo o planeta -, completou Afonso.

O projeto abrigará também demonstrações sobre conhecimentos de meteorologia e gases de efeito estufa.  Segundo o professor da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Júlio Tota, que está à frente desta vertente, “a micro-estação realiza transmissão de dados sem fio e representa o estado da arte em medições meteorológicas".

O espaço será aberto ao público em geral no período da manhã, tarde e início da noite, em horários agendados pela Secretaria de Educação de São Gabriel da Cachoeira, que apóia a atividade.