Publicidade
Cotidiano
Notícias

ONU faz apelo à comunidade internacional para ajudar crianças do Nepal

De acordo com os levantamentos mais recentes, o terremoto de magnitude 7,8 na escala Richter matou 5 mil  pessoas e feriu mais de 10 mil 29/04/2015 às 16:20
Show 1
Segundo o mais recente balanço do Ministério do Interior nepalês, o número oficial de mortes confirmadas é 5.057
agência lusa ---

A Organização das Nações Unidas (ONU) fez hoje (29) um apelo à comunidade internacional para arrecadação de 44,8 milhões de euros para auxílio humanitário ao Nepal. A organização elevou para 1,7 milhão o número de crianças que necessitam de ajuda urgente, após o terremoto de sábado passado.

De acordo com os levantamentos mais recentes, o terremoto de magnitude 7,8 na escala Richter matou 5 mil  pessoas e feriu mais de 10 mil. Vários edifícios históricos foram destruídos e a infraestrutura básica do Nepal foi atingida, diz comunicado divulgado nesta quarta-feira pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Citado na nota, o representante do Unicef no Nepal, Tomoo Hozumi, disse que 80% das unidades sanitárias em cinco distritos mais afetados foram amplamente danificadas e que 274 das 323 escolas avaliadas em 16 distritos foram parcial ou totalmente danificadas.

Tomoo Hozumi disse que é necessário encontrar espaços de aprendizagem temporários para permitir que as crianças nepalesas estabeleçam uma rotina escolar, após o terremoto que “provocou desespero” em milhares de meninos e meninas.

“A vida de muitas crianças ficou profundamente dilacerada e elas estão desesperadas em busca de apoio para ter acesso à água potável, abrigo e saneamento", disse Tomoo Hozumi.

O responsável pela agência da ONU alertou para o risco de propagação de doenças relacionadas com a falta de água potável no Nepal, onde se estima que apenas uma em cada cinco pessoas tem acesso à água. “Muitas famílias estão lutando simplesmente para se proteger do sol e da chuva”, disse Hozumi, admitindo que, nos próximos dias, a contagem de dados mais recentes poderá permitir uma apuração “da plena dimensão da catástrofe”.

De acordo com o último balanço do Ministério do Interior nepalês, o sismo, de magnitude 7,8 na escala Richter, causou 5.057 mortos e deixou 10.915 feridos e mais de 450 mil deslocados internos. O terremoto de sábado (25) foi o de maior magnitude registado no Nepal nas últimas oito décadas.