Publicidade
Cotidiano
Notícias

Oscar se firma como o 10 da seleção e Mano dá recado a Ganso: "ele terá de crescer"

Logo na estreia nos Jogos, o meia de 20 anos voltou a brilhar com duas assistências na vitória por 3 a 2 sobre o Egito, em Cardiff (País de Gales), na última quinta-feira  27/07/2012 às 14:58
Show 1
Passes precisos de Oscar têm convencido Mano Menezes de que ele está melhor do que Ganso
Uol/ Esporte ---

As atuações durante os quatro amistosos da seleção brasileira no fim de maio e começo de junho garantiram a Oscar a camisa 10 para a disputa da Olimpíada. Logo na estreia nos Jogos, o meia de 20 anos voltou a brilhar com duas assistências na vitória por 3 a 2 sobre o Egito, em Cardiff (País de Gales), na última quinta-feira.

Oscar, que recentemente acertou sua transferência do Internacional para o Chelsea, está em alta com o técnico Mano Menezes. “Ele pode ser decisivo para a seleção. Trata-se de um jogador lúcido que sabe encontrar o espaço para receber a bola”, elogiou.

Já Paulo Henrique Ganso, que recebeu a 10 quando Mano assumiu o comando, terá de evoluir fisicamente para voltar ao time.

O treinador gaúcho reprovou a decisão do santista de passar por uma artroscopia no fim de maio, justamente no período dos amistosos preparatórios para a Olímpiada. Após o triunfo sobre os egípcios, Mano voltou a mandar seu recado ao paraense, ao ser questionado se Oscar e Ganso podem atuar juntos.

“Nunca disse que não poderiam. Eu penso que podem, mas o Ganso terá de crescer, vai depender disso, porque ele chegou numa posição não 100%. Ele teve aquele período da sua segunda intervenção cirúrgica, jogou a Libertadores e depois sofreu um pouco. Mesmo assim a gente teve muita atenção com ele”, comentou o técnico da seleção, mais uma vez insinuando que o atleta errou ao operar e diminuir o prazo de volta para menos de 20 dias.

Mano sempre foi fã do futebol de Ganso. O treinador gosta da formação tática com um meia armador e pensava que o atleta de 22 anos seria o seu maestro até a Copa do Mundo de 2014.

Agora, Oscar passou na frente. Para escalar os dois juntos, o treinador acredita que perderia na marcação. “Precisa ter a recuperação quando perde a bola, e para isso tem que ter força física”, ponderou, mais uma vez citando a limitação de Ganso.

“O Oscar é um jogador interessante, com uma técnica apurada e está muito bem. Eu estou bem preparado, me sinto 100% sim e estou tranquilo”, afirmou o santista sobre as suas condições.

Já o novo reforço do Chelsea celebrou a boa fase. “Dei passe para gol de novo, tinha feito aquele gol contra a Argentina. Acho que estou crescendo cada vez mais”, disse.

Ele assinou um contrato de cinco anos com o clube inglês assim que desembarcou em Londres para a Olimpíada. “Sinto-me feliz. Estou focado na Olimpíada agora, mas depois vou me apresentar aos meus companheiros do Chelsea. É um sonho de qualquer jogador atuar na Europa.”