Publicidade
Cotidiano
Notícias

Pais têm dúvidas sobre matrícula na rede pública

Sistema Informatizado nas redes municipal e estadual não evita filas em algumas escolas onde a procura será maior que a oferta 13/01/2012 às 09:34
Show 1
Procura por informações sobre número de vagas e prazos marcou ontem o primeiro dia de matrícula do ensino fundamental
Jornal Acrítica Manaus

Embora a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) ofereça o Sistema Integrado de Gerenciamento de Gestão Educacional (Sigeam), que permite a solicitação on-line da vaga na escola onde o estudante deseja estudar, houve muitas dúvidas, desinformação e algumas filas no primeiro dia da matrícula da Educação Infantil para quem foi tentar trocar de escola. Em Manaus, devem ser matriculados mais de 500 mil alunos das redes estadual e municipal.

As filas aconteceram em alguns estabelecimentos de ensino como na Escola Estadual Antogildo Pascoal, no Novo Israel, e na municipal Danilo Matos Areosa, no Grande Vitória, ambas na Zona Norte. Muitas pessoas, como a dona de casa Joana Soares, 34, quer conseguir vaga para a filha, de 10 anos na Danilo Areosa. “Vim aqui saber como posso fazer a matrícula”, disse ela, disposta a ficar na fila para obter uma vaga na escola mais próxima de casa.

SEDUC ORIENTA

De acordo com a assessoria de imprensa da Seduc, a dona de casa poderia buscar essa vaga em qualquer uma das 229 escolas que oferecem atendimento on line ou fazê-lo por meio do site www.matriculas.am.gov.br.  Isso garantiria mais rápido a vaga para algumas escolas cuja demanda de alunos será maior do que o número de vagas. Com o comprovante emitido, o pai ou responsável leva o documento à escola para confirmar a matrícula. Esse cadastro garante no ato a vaga solicitada, se ela ainda estiver disponível. Outro dado importante, segundo a Seduc, é que após fazer a inscrição on line, os pais ou responsáveis procurem a escola para apresentar o documento e confirmar a matrícula.