Publicidade
Cotidiano
Notícias

Papa diz que tráfico humano é crime contra a humanidade

Para Francisco, a luta contra o tráfico humano depende do empenho das forças policiais e dos operadores humanitários, em particular, da Igreja Católica 10/04/2014 às 14:26
Show 1
O papa destacou que, na conferência, reuniram-se autoridades policiais, que combatem o tráfico humano usando os instrumentos e os rigores da lei, e agentes humanitários, que oferecem acolhimento, calor humano e o resgate das vítimas
Agência Brasil* ---

O Papa Francisco condenou nesta quinta-feira (10) o tráfico de seres humanos, classificando a prática de crime contra a humanidade.

“O tráfico de seres humanos é uma chaga no corpo da humanidade, uma ferida na carne de Cristo, um crime contra a humanidade”, disse o Papa durante a Conferência Internacional sobre o Tráfico de Pessoas Humanas, na sede da Pontifícia Academia das Ciências. O evento, que reúne 120 participantes, é promovido pelo Episcopado da Inglaterra e Gales. aos conferencistas.

“O fato de estarmos aqui para unir nossos esforços significa que queremos que as estratégias e as competências [de combate ao crime] sejam acompanhadas e reforçadas pela compaixão evangélica, pela proximidade com as vítimas", acrescentou o papa.

Para Francisco, a luta contra o tráfico humano depende do empenho das forças policiais e dos operadores humanitários, em particular, da Igreja Católica, que "podem e devem marchar juntos". O papa destacou que, na conferência, reuniram-se autoridades policiais, que combatem o tráfico humano usando os instrumentos e os rigores da lei, e agentes humanitários, que oferecem acolhimento, calor humano e o resgate das vítimas.

“São duas abordagens diferentes”, disse Francisco, “mas que podem e devem agir juntas". Para ele, é importante dialogar e confrontar-se a partir de pontos de vista complementares.

*Com informações da Télam e da Rádio Vaticano