Publicidade
Cotidiano
Notícias

Passageiros reclamam do atendimento em posto da Anvisa no aeroporto de Manaus

Durante o período de alta temporada, os postos da Anvisa em Manaus registram aumento na demanda de passageiros que procuram pela Carteirinha Internacional de Vacina, expedida pelo órgão 03/01/2012 às 15:16
Show 1
De acordo com a assessoria de imprensa da Anvisa, em dias normais o posto localizado no aeroporto Internacional Eduardo Gomes atende em média de 20 a 30 pessoas
JOELMA MUNIZ Manaus

Passageiros do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes com destinos internacionais, reclamam da demora para obtenção de Carteirinha Internacional de Vacina, disponibilizada pela Agência Nacional de Saúde (Anvisa).

Na manhã e na tarde desta terça-feira (3), o posto do órgão no aeroporto recebeu mais de 300 pessoas à procura do documento. Entre essas pessoas, a maior reclamação fica por conta da disponibilização de apenas dois atendentes no local.

“Cheguei às 8h e sai dela às 11:40. Eles estão com apenas dois funcionários, as pessoas estão chegando até a desistir do atendimento, não entendo por que em época de alta temporada a Anvisa não disponibiliza mais pessoas para atender”, reclamou o passageiro Marcelo Batista.

Maior demanda
De acordo com a assessoria de imprensa da Anvisa, em dias normais o posto localizado no aeroporto Internacional Eduardo Gomes atende em média de 20 a 30 pessoas. Já em alta temporada a média de atendimento passa para 150 a 170.

A justificativa não convenceu a assistente social Simey Lopes, 55. “Se a Anvisa sabe que a alta temporada influencia no número de solicitações, eles precisam se preparar para isso”, disparou.

Em resposta os responsáveis pela Anvisa no Amazonas, salientaram que mais dois funcionários estão trabalhando na parte inferior do aeroporto, e que a liberação das carteirinhas também está acontecendo no Porto Privatizado de Manaus.

“Não montamos um posto de atendimento no porto, mas quem estiver lá e precisar do documento poderá recebê-lo”, destacam.

A Anvisa lembra que as vacinas não são disponibilizadas em seus postos de atendimento, e quem precisar por em dia a carteira de vacinação precisará procurar um posto médico das redes Municipal ou Estadual de saúde. E que um pré-cadastro pode ser realizado por meio do site: www.anvisa.gov.br/viajantes