Publicidade
Cotidiano
Notícias

Paulo Maluf oferece US$ 1 milhão para não ser preso em Nova York

De acordo com informações do site Folha de S. Paulo, além da quantia oferecida, o deputado também entregaria um anel de rubi e diamantes para se livrar da Interpol 07/05/2014 às 13:26
Show 1
O deputado foi incluído em 2009 na lista de procurados da Interpol
acritica.com ---

Os advogados do deputado Paulo Maluf (PP-SP) propuseram um novo à Promotoria da cidade de Nova York, nos Estados Unidos, no qual Maluf pagaria uma multa de US$ 1 milhão (R$ 2,2 milhões) para se livrar de uma ordem de prisão preventiva decretada em 2007, para que possa voltar a viajar para o exterior sem correr o risco de ser preso.

De acordo com informações do site Folha de S. Paulo, além da quantia oferecida, o deputado também entregaria um anel de rubi e diamantes que pertence a Sylvia Maluf, avaliado em US$ 250 mil (R$ 557 mil). 

A Justiça de Nova York decretou a prisão de Maluf por conta da acusação de que o deputado teria passado parte dos US$ 11,7 milhões (R$ 26 milhões) desviados de obras feitas no período em que era prefeito da capital paulista (1993-1996) pelo banco Safra daquela cidade. Maluf nega as acusações. 

Por conta desse processo, o deputado foi incluído em 2009 na lista de procurados da Interpol. Num dos tópicos do acordo, Maluf teria de confessar um crime, mas o mesmo negou ter desviado os recursos da prefeitura de São Paulo.

*Com informações do site Folha de S. Paulo