Publicidade
Cotidiano
Notícias

PEC da Zona Franca de Manaus é aprovada em 1º turno

Com placar de 364 votos a favor, 3 contra e 3 abstenções, prorrogação dos incentivos fiscais da ZFM por mais 50 anos segue para nova rodada de deliberações, mas políticos do Amazonas estão confiantes na aprovação definitiva na Câmara 19/03/2014 às 23:34
Show 1
Políticos amazonenses comemoram primeira vitória pela prorrogação da ZFM por mais 50 anos
ACRITICA.COM Brasília (DF)

O prefeito de Manaus, Artur Neto, e o senador Eduardo Braga confirmaram há minutos, pelo Twitter, a aprovação em 1º turno da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 506, que prorroga os incentivos fiscais à Zona Franca de Manaus (ZFM) por mais 50 anos, até o ano de 2076.

“A luta continua, agora vamos ao 2º turno e depois ao Senado, onde já trabalhamos há tempos na conscientização dos nossos pares”, foi a frase postada pelo senador, que é líder do governo no Senado e coordenador da bancada do AM no Congresso.


A votação ficou em 364 votos favoráveis, 3 contra e 3 abstenções. Para a medida poder ser aprovada, precisava de 308 votos a favor. Agora as discussões continuam num novo turno de votações, onde a PEC precisa ser aprovada uma segunda vez antes de ir para o Senado, onde será novamente posta em votação em dois turnos e, em seguida, caso aprovada, receberá a sanção presidencial.

Nesta terça (18), o governador do Estado, Omar Aziz, junto com Braga, Artur e outros parlamentares do Amazonas, encarou uma extensa jornada de reuniões e articulações com os líderes dos principais partidos brasileiros, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, e a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, para tentar fechar o acordo que garantiu o resultado.