Publicidade
Cotidiano
Notícias

Pecuaristas têm até dia 30 para vacinar rebanho da terra firme

Após esse período, os pecuaristas terão até 15 dias para solicitar notificação de vacinação. Quem não providenciar a documentação será multado em R$ 40,00 por cabeça e não poderá transitar com seu rebanho 16/11/2012 às 09:43
Show 1
Vacinação contra a febre aftosa chega na sua segunda fase no Amazonas
acritica.com Manaus

Pecuaristas da terra firme estão sendo convocados para vacinar o rebanho bovino e bubalino em 21 municípios. A segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa iniciou no último dia 10 e segue até dia 30 de novembro.

De acordo com a Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) e Comissão Executiva Permanente de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Codesav), a meta é vacina mais 800 mil cabeças de gado na área de terra firme.

Após esse período, os pecuaristas terão até 15 dias para solicitar notificação de vacinação nos escritórios do Idam. Quem não providenciar a documentação será multado em R$ 40,00 por cabeça e não poderá transitar com seu rebanho.  

Investimento

Nesta etapa foram investidos R$ 1 milhão e 600 mil reais. 

A ação tem parceria do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Todo o rebanho de terra firme vacinado na 1ª etapa deve receber a segunda dose (reforço). O pecuarista que não vacinar seu gado não receberá o Guia de Trânsito Animal (GTA), exigido no momento da comercialização.